PUBLICIDADE
Topo

Após Globo mexer em grade na Bahia, Fátima perde mais ibope

Fátima Bernardes - Reprodução/Globo
Fátima Bernardes Imagem: Reprodução/Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

22/02/2019 09h27

Continua o calvário da Globo na Grande Salvador, região em que a emissora enfrenta seus piores índices de audiência no país --especialmente nas manhãs.

Por orientação de executivos da emissora no Rio, cerca de três meses atrás a TV Bahia (Globo) começou a fazer alterações: tirou o cansativo "Bem-Estar" do ar, reduziu o "Encontro com Fátima", esticou o telejornal "Bahia Meio Dia" e... Nada. Ainda assim nada de bom ocorreu até o momento.

Leia mais

Globo confirma "Encontro" em 2019, mas omite horário

Encontro com Fátima perde liderança em quatro capitais

Globo responde sobre derrota e 2º lugar em Goiânia

Desde o início das mudanças, Fátima Bernardes já perdeu quase 20% de audiência (de 6,1 pontos para 5,0 pontos). 

Já o "Bahia Meio-Dia" encolheu mais 10% (de 11,4 pontos para 10,2). Cada ponto de ibope em Salvador vale por cerca de 13,5 mil domicílios sintonizados, segundo a metodologia da Kantar Ibope Media.

 Na média matinal (faixa das 6h às 12h), no comparativo 31/08/18 a 23/11/18 e 26/11/18 e 18/02/19, a Globo Bahia perdeu (mais) 3% --de 7,0 pontos para 6,8 pontos.

Conforme esta coluna antecipou nas últimas semanas, a Globo vem enfrentando problemas para manter sua histórica liderança não só em Salvador, mas já é afetada aos poucos em outras capitais, como Goiânia, Manaus e Belém.

De qualquer forma a emissora continua líder isolada nas 24 horas em todo o país.

Mas, tem sido obrigada a fazer mudanças profundas. A emissora começou cerca de três anos atrás a ser incomodada e depois derrotada pelo quadro "A Hora da Venenosa", da Record.

A Globo chegou a uma decisão radical em janeiro, quando anunciou o fim do "Vídeo Show", após mais de três décadas e depois de várias alterações na bancada de apresentadores (sem obter sucesso).

Uma das possibilidades em estudo na emissora, como esta coluna informou com exclusividade, é transferir o "Encontro com Fátima" para as tardes e estrear Fernanda Gentil como apresentadora nas manhãs da casa.

Colunista Ricardo Feltrin no TwitterFacebook e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL