Neto de Luiz Gonzaga critica versão de Juliette: ‘Família não autorizou’

Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, publicou um vídeo em seu Instagram neste sábado, 22, em que faz críticas à música Vem Galopar, da cantora (e campeã do BBB 21) Juliette, uma adaptação do clássico Pagode Russo.

Ele afirma que não houve "autorização formal" da família do músico em relação à questão, ainda que os direitos da música pertençam a uma gravadora. A equipe da cantora, por sua vez, afirma que ela não se envolveu nos "trâmites legais" da versão e que teriam recebido a informação, por parte da gravadora, de que a família de Gonzaga teria autorizado. O Estadão buscou contato com a Universal a respeito do tema, mas não obteve resposta até o momento.

Neto de Luiz Gonzaga e a música de Juliette

"Parece que a cantora Juliette lançou uma música que tem alguma coisa a ver com o meu avô e o João Silva. O título dizia ‘autorização da família Gonzaga’, e eu tô aqui dizendo que ninguém da minha família autorizou nada, não", disse.

Em seguida, Daniel explicou: "Essa música é de propriedade da [gravadora] Universal e eles lançaram porque quiseram. Anteriormente, essa música havia sido pleiteada para ser gravada pela Anitta, e nem autorização eles pediram. Então não há uma autorização formal da família Gonzaga: a música é deles e eles fazem o que quiserem."

"Na realidade, tem sido assim cada vez mais, a gente tenta chamar a atenção para esse fato, mas ninguém liga. As pessoas xingam a gente, dizem que a gente só quer dinheiro, prestígio, quando na realidade a gente vem atentando para um desmonte na cultura que vem acontecendo há muito tempo", concluiu o neto de Luiz Gonzaga.

O que diz Juliette sobre polêmica com família de Luiz Gonzaga

Diante da repercussão, a assessoria de Juliette divulgou o seguinte comunicado:

"Assessoria de Juliette informa que a cantora, que respeita, exalta e difunde a obra de Luiz Gonzaga e João Silva, solicitou à Universal Publishing (editora) que as famílias de Gonzaga e Silva autorizassem o lançamento da música, independentemente se a editora fosse detentora dos direitos.

A Publishing garantiu à Juliette que a família de Luiz Gonzaga e João Silva havia autorizado o lançamento da música, não havendo qualquer restrição quanto a isso. A editora também afirmou à cantora que familiares ouviram o resultado e que gostaram da versão. Juliette afirma que não é ela a responsável pelos trâmites legais que envolvem a liberação de fonogramas.

Com absoluto respeito aos familiares e à obra de Luiz Gonzaga e João Silva, a cantora lamenta e se coloca à disposição para entender e dialogar com todos os envolvidos."