Ex-Pânico Carlinhos mendigo vai ficar preso por 30 dias, determina Justiça

Nesta quarta, 19, o Tribunal de Justiça de São Paulo decretou a prisão por 30 dias do humorista Carlos Alberto da Silva, conhecido no antigo programa Pânico na Band como Carlinhos Mendigo.

Carlinhos foi detido pela Polícia Civil nesta terça-feira, 18, por dívida de R$ 247 mil de pensão alimentícia de seu filho Arthur, fruto de sua relação com a ex-bailarina do Programa do Gugu, Aline Hauck.

O humorista passou por audiência de custódia nesta quarta, 19, confirmou o TJ ao Estadão. A Secretaria de Administração Penitenciária, porém, ainda não sabe informar para qual unidade prisional o humorista será enviado.

O primeiro mandado de prisão contra Carlinhos foi expedido em 2022, por dívida de cerca de R$ 90 mil, mas, na ocasião, foi feito um acordo e ele conseguiu um habeas corpus.

Ele comentou, durante o podcast RedCast, em outubro do mesmo ano, que não conseguia se manter empregado: "Daqui a pouco sai mandato de prisão de novo, você iria me contratar na sua empresa?", ironizou.

O Estadão ainda tenta fazer contato com a defesa de Carlinhos e a reportagem será atualizada conforme novas informações.

Quem é Carlinhos Mendigo?

O humorista de 44 anos ficou conhecido a partir de 2003, por suas participações no antigo programa televisivo humorístico Pânico na Band, em que realizava imitações de celebridades como Silvio Santos, Luiz Inácio Lula da Silva e Sérgio Malandro. Ele também participou do programa Show do Tom, com Tom Cavalcante, e do reality show A Fazenda, da Record TV.

Deixe seu comentário

Só para assinantes