Val Marchiori pede medida protetiva contra ex-marido na Justiça: 'Cuidar de mim'

Val Marchiori denunciou o ex-marido, Thiago Castilho, por violência doméstica e entrou com um pedido de medida protetiva na Justiça. A informação foi confirmada pela própria socialite nas redes sociais nesta segunda, 17.

Segundo o processo obtido pelo jornalista Léo Dias, Castilho agrediu e perseguiu ex-esposa. Ele também teria falsificado assinaturas de Val em documentos e se tornado "improdutivo" devido a um quadro de alcoolismo e uso de medicamentos controlados. O casal anunciou o divórcio em março deste ano.

Estadão fez contato com o empresário. O espaço seguirá aberto para o posicionamento de Castilho e será atualizada caso ele queira se pronunciar.

"Sei que muitos estão se questionando como eu permiti que chegasse a esse ponto, mas é fato que quem está dentro da situação não percebe as mudanças nas pessoas. Quem já passou, ou passa, por este tipo de violência sabe do que estou falando e como tais ações deixam marcas em todos", escreveu Val, 49 anos, no Instagram. Segundo ela, os demais detalhes estão sob segredo de Justiça.

"Eu me tornarei mais forte, mais saudável e virei a público falar com vocês na hora certa. O que eu preciso nesse momento é seguir com a minha vida, cuidar de mim e da minha família. Agradeço de coração por todos que torcem por mim, e aproveito para deixar um alerta a todas as mulheres: não se cale e procure ajuda quando necessário", acrescentou.

Val e Castilho se casaram em 2022 em um hotel de Santorini, na Grécia, e ficaram juntos por cinco anos. Val Marchiori é mãe dos gêmeos Eike e Victor Ulinski, de 18 anos, fruto do relacionamento com o ex-marido, Evaldo Ulinski.

Deixe seu comentário

Só para assinantes