Netflix cancela Power Rangers e série pode ser interrompida após 30 anos

A Netflix, que vinha investindo na franquia Power Rangers desde 2021, decidiu cancelar a parceria com a Hasbro Entertainment, empresa que possui os direitos da marca Power Rangers, devido ao baixo desempenho das produções. A informação foi confirmada pelo site norte-americano, TV Line, na última terça-feira, 11.

A Hasbro ainda acredita na franquia e busca por um novo parceiro para manter a produção da série. A própria Netflix já havia investido na segunda temporada da série "Power Rangers: Dino Fury", "Power Rangers: Fúria Cósmica" e "Power Rangers: Agora e Sempre".

"Power Rangers" foi lançado em 1993, inspirado pela japonesa Super Sentai. A franquia viveu momentos de grande sucesso, e além da série, filmes foram lançados, quadrinhos, jogos e toda uma cadeia de produtos para os fãs.

No Brasil, a série passou na TV aberta, e pertenceu à grade da Globo por quase 20 anos, passando pela Band e até na TV Cultura. E também marcou presença na TV paga, sendo exibida no Cartoon Network e Nickelodeon.

Deixe seu comentário

Só para assinantes