PUBLICIDADE
Topo

BBC vai suprimir 1.000 empregos em meio a transformação digital

26/05/2022 15h08

Londres, 26 Mai 2022 (AFP) - A rádio-televisão pública britânica BBC anunciou nesta quinta-feira (26) que vai suprimir mil empregos no âmbito de um plano para acelerar sua passagem à tecnologia digital e poupar dinheiro diante dos cortes orçamentários do governo.

A entidade britânica, que já sofreu vários cortes orçamentários nos últimos anos e vê escapar o público mais jovem, está sob pressão desde que o executivo de Boris Johnson decidiu congelar durante dois anos o imposto audiovisual que a financia.

As novas medidas, anunciadas em um comunicado, pretendem poupar 500 milhões de libras anuais (629 milhões de dólares).

Estes 200 milhões de libras serão destinados a compensar o congelamento de receita em um período de forte inflação, enquanto o restante será investido em "construir uma BBC que dê prioridade ao meio digital", explicou o diretor-geral, Tim Davie, em uma mensagem aos funcionários.

Os planos incluem a criação de um único canal de notícias BBC News para as audiências britânica e internacional, atualmente separadas, "mantendo a capacidade de emitir conteúdos separados para os diferentes eventos".

Alguns serviços em línguas estrangeiras também vão passar a ser difundidos exclusivamente on-line e serão suprimidas as transmissões de rádio de onda larga.

Isto significará 1.000 cargos a menos, de um total atual de 22.000 funcionários.

gmo-acc/mis/mvv