PUBLICIDADE
Topo

Rússia quer bloquear contas do opositor Navalny nas redes sociais

28/07/2021 14h20

Moscou, 28 Jul 2021 (AFP) - O organismo russo que controla o tráfego da Internet anunciou nesta quarta-feira (28) que deseja bloquear contas de redes sociais relacionadas ao opositor preso Alexei Navalny.

Dezenas de sites ligados ao opositor já foram bloqueados esta semana.

Em uma mensagem transmitida à AFP, o órgão de censura Roskomnadzor, indicou que as contas de "organizações extremistas de Navalny, assim como suas antenas regionais em toda a Rússia, serão bloqueadas".

A agência afirma que essas contas contêm "apelos para atividades extremistas e motins" e pedidos de apoio financeiro para organizações de oposição.

Os aliados de Navalny denunciam esse assédio contínuo como uma tentativa de calar a oposição antes das eleições legislativas de setembro, porque a impopularidade do governante no poder, Rússia Unida, está crescendo.

A justiça russa chamou as organizações de Navalny de "extremistas" em junho e ordenou sua liquidação.

Alexei Navalny, de 45 anos, foi preso em janeiro ao retornar à Rússia após meses de convalescença na Alemanha, onde se recuperou de um envenenamento que quase lhe custou a vida.

Ele foi condenado a dois anos e meio de prisão por um caso que data de 2014, o qual denuncia como assédio político.

Na terça-feira, Navalny usou o Facebook para solicitar a mobilização de seus seguidores.

as-tbm/jz/mb/ap