PUBLICIDADE
Topo

Parlamento francês adota lei para proteger sons e odores do campo

21/01/2021 14h42

Paris, 21 Jan 2021 (AFP) - O canto do galo, o som das sinos e o cheiro dos estábluos serão protegidos na França. O Parlamento francês adotou, nesta quinta-feira (21), uma lei para proteger os sons e cheiros do campo, o chamado "patrimônio sensorial".

O objetivo é evitar litígios pelos barulhos ou odores próprios do campo, como o enfrentado por dois vizinhos em uma batalha judicial pelo canto matutino de um galo em Oléron, uma ilha na costa atlântica da França.

Depois da Assembleia Nacional - a Câmara Baixa do Parlamento francês -, o Senado também aprovou o projeto de lei nesta quinta-feira.

O Secretário de Estado encarregado do mundo rural, Joël Giraud, disse que é "uma boa proposta de lei de defesa da ruralidade". "A vida no campo significa aceitar alguns inconvenientes", apontou.

A lei também declara característicos do meio rural o som dos sinos da igreja, o canto dos grilos e o cheiro dos estábulos de cavalos.

vm-meb/mb/aa