PUBLICIDADE
Topo

Drama 'Adú', da Netflix, é favorito ao Goya, o Oscar espanhol

"Adú", filme espanhol da Netflix, liderou indicações ao Goya - Reprodução/Netflix
'Adú', filme espanhol da Netflix, liderou indicações ao Goya Imagem: Reprodução/Netflix

De Madri

18/01/2021 14h56

"Adú", drama sobre a emigração africana para a Europa assinado por Salvador Calvo, é o grande favorito ao Goya 2021, o Oscar do cinema espanhol. Os prêmios serão entregues no dia 6 de março, em Málaga.

O filme, que conta três histórias estruturadas pela de um menino que foge de Camarões para a Espanha, está no catálogo da Netflix brasileira e recebeu 13 indicações ao todo — incluindo melhor filme, direção, roteiro original e ator coadjuvante.

A cerimônia de premiação será apresentada pelo ator Antonio Banderas e pela jornalista catalã María Casado. Devido à pandemia de covid-19, que atinge fortemente a Espanha, a festa contará com plateia limitada.

"Akelarre", de Pablo Agüero, uma história de época sobre bruxas no País Basco; e "Las Niñas", de Pilar Palomero, sobre um grupo de adolescentes na Espanha dos Jogos Olímpicos de 1992, receberam nove indicações cada.

Além de "Adú" e "Las Niñas", concorrem ao prêmio de melhor filme: "Ane" de David Pérez Sañudo; "La Boda de Rosa" de Icíar Bollaín; e "Sentimental" de Cesc Gay.

Na disputa pelo prêmio de melhor filme ibero-americano estão o chileno "El Agente Topo", de Maite Alberdi; o colombiano "El Olvido que Seremos", de David Trueba; o guatemalteco "La Llorona", de Jayro Bustamante; e o mexicano "Ya no Estoy Aquí", de Fernando Frías de la Parra.