Detetive contratado por Amber Heard lança livro com revelações sobre Depp

Paul Barresi, detetive particular contratado por Amber Heard, 38, em meio à guerra judicial contra Johnny Depp, 61, acaba de lançar um livro contando as descobertas que fez na época em que investigou o astro de "Piratas do Caribe".

O que aconteceu

Intitulada "Johnny Depp's Accidental Fixer" ("Consertando Johnny Depp por Acidente", em tradução livre), a obra destaca alguns relatos das mais de 100 pessoas que Barresi entrevistou na busca por relatos que favorecessem Heard no tribunal.

Ele conta que, para sua surpresa, ouviu em sua maioria testemunhos positivos sobre Depp. Segundo o jornal Daily Mail, boa parte dos entrevistados descreveu o ator como um "cavalheiro de verdade", que não possuía "um pingo de maldade" e tinha "respeito e adoração" genuínos pelas mulheres.

Os atores Richmond Arquette e Carre Otis, a ex-estrela infantil Olivia Barash, o cantor Chuck Weiss, o tatuador Jonathan Shaw e a jornalista Seven McDonald estiveram entre os 'defensores' do ator.

Houve, entretanto, também quem o criticasse veementemente. O jornalista Mark Ebner, por exemplo, afirmou que Depp teria ameaçado fazê-lo "arder em chamas" durante uma discussão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes