Conteúdo publicado há 19 dias

Influencer morre baleado no Rio três dias depois de completar 22 anos

Morreu nesta sexta-feira (21) o influenciador Mateus da Silva Ferreira, mais conhecido nas redes sociais como Mateus Doido. O jovem de 22 anos foi atingido por um tiro no tórax na comunidade da Muzema, zona oeste do Rio, durante uma operação do Bope.

O que aconteceu

Relatos e vídeos de moradores afirmam que o Batalhão de Operações Especiais realizava uma operação na região. Em nota nas redes sociais, a Polícia Militar do Rio de Janeiro afirmou que os agentes foram atacados durante um patrulhamento e reagiram.

Cessados os disparos, os militares socorreram três suspeitos ao Hospital Lourenço Jorge. Na ação, três fuzis, granadas e entorpecentes foram apreendidos. A ocorrência contou com a participação de policiais militares da Subsecretaria de Inteligência, SSI, e foi encaminhada à delegacia da região. Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Ao RJTV, a namorada de Mateus preferiu não se identificar e afirmou que os agentes impediram o socorro do influenciador. "Não deixaram eu sair, eu falei: 'O Mateus não é envolvido [com o crime]'. Aí eles falaram: 'E essa arma é o quê?', falando que ele tava armado", disse a jovem após revelar que Ferreira tinha acabado de sair da casa para buscar uma encomenda feita por ela.

Mateus Doido foi levado para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu aos ferimentos. Em nota ao RJTV, a PM do Rio de Janeiro afirmou que o Bope realizava 'uma ação de inteligência ao cumprimento de um pedido de busca na Muzema'. Ainda, 10 criminosos teriam atacado os policiais na região conhecida como Dona Dalva e, por isso, foi solicitado o reforço do Bope.

A corporação afirmou ainda que quatro homens foram feridos, um deles encontrado dentro de um apartamento. Este último tinha um mandado de prisão em aberto. A nota alega que todos eles foram levados para o hospital Lourenço Jorge e dois deles faleceram.

A Polícia Civil informou ao RJTV que está investigando a morte de Mateus e de um segundo homem ainda não identificado. Os policiais envolvidos já foram ouvidos e as armas foram apreendidas e serão encaminhadas para a perícia.

Continua após a publicidade

Splash entrou em contato com a Polícia Militar do RJ pedindo mais detalhes sobre a operação e as acusações de impedimento de socorro. Até o fechamento desta matéria, a corporação não havia dado um retorno.

Quem era Mateus Doido

Com mais de 74 mil seguidores somente em seu perfil principal do Instagram, o jovem compartilhava conteúdos sobre motos. Nas publicações, Mateus aparece fazendo manobras em diferentes ocasiões. Na última quarta-feira (19), o jovem havia acabado de completar 22 anos.

Ao RJTV, o primo de Mateus, Bruno Camelo reforçou que o influenciador não tinha relação com crimes. "Ele trabalhava de influencer no Instagram, ganhava o dinheiro dele. [Os policiais] colocaram até o fuzil na cara do irmão dele. Dizendo que se não saísse de lá, ele iria junto [com Mateus]", disse.

Deixe seu comentário

Só para assinantes