Conteúdo publicado há 23 dias

Esposa de Chrystian era fã dele antes de casar: 'Fiquei parada nele'

Chrystian, que morreu ontem, aos 67 anos após ter uma parada cardiorrespiratória, era casado com Key Vieira. Eles estavam juntos há 29 anos.

O que aconteceu

Os dois se conheceram nos bastidores de um show da dupla na cidade natal de Key, em Cassilândia, no Mato Grosso do Sul.

No Dia dos Namorados, ela fez uma homenagem ao sertanejo. "Passando pra falar que eu te amo um tantão, Chrystian, nessa e em todas as vidas que nos encontrarmos. Meu passarinho".

No início do ano, a assessoria do cantor afirmou que ele precisaria passar por um transplante de rim e a doadora seria a própria Key Vieira, mas o procedimento precisou ser adiado. "Durante os exames pré-operatórios, que aconteceram no mesmo hospital, foi preciso realizar um cateterismo no paciente. Esse procedimento exige o uso de uma medicação para afinar o sangue, por seis meses, e durante este tratamento não é permitido que seja realizada uma cirurgia", dizia a nota em questão.

Em um vídeo publicado pelos dois na rede social, Key contou que 'foi atrás dele' depois de assistir a um show da dupla.

Chrystian jogou para ela uma toalha usada na apresentação, e ela, que vendia perfumes importados na cidade, disse que precisava descobrir qual era a fragrância usada por ele.

Key, então, foi até o hotel em que ele estava hospedado e disse ao produtor da dupla que tinha um recado de um amigo de infância de Chrystian, o que era verdade. "Eu já tinha visto o Chrystian, mas eu nunca tinha sentido aquilo. Aí quando ele entrou no palco, eu fiquei passada nele, parada nele. Eu só via o Chrystian, eu só ficava vendo ele. Eles tinham comprado um monte de flor vermelha, tipo Roberto Carlos, assim, para jogar para as fãs. E aí, o Chrystian pegou todas aquelas flores e jogou na minha mesa".

No encontro, os dois passaram cerca de 4 horas conversando no hotel, e Chrystian disse qual era o perfume que usava na ocasião. Eles trocaram telefones, já que o cantor precisou ir embora da cidade para continuar com os shows ao lado do irmão, Ralf.

O relacionamento se desenvolveu rapidamente. "A gente se encontrou depois de uns três meses e casamos depois de 15 dias. Então, se tem uma história de fã, sou eu. Corri atrás dele. E corram, meninas, quando você sentir que é o seu amor, vai lá e pega. Meu amor, meu marido, minha vida".

Deixe seu comentário

Só para assinantes