Conteúdo publicado há 29 dias

Sophia Abrahão diz que já foi vítima de perseguição de stalker

Sophia Abrahão, 33, contou que, assim como Débora Falabella, 45, foi vítima de perseguição de stalker.

O que aconteceu

A atriz chegou a fazer boletim de ocorrência. "Ele sabia onde eu morava, me mandava presentes, sabia o contato dos meus pais, dos meus amigos e tinha uma perseguição atrás da minha família, muito grave".

Em entrevista ao site Heloísa Tolipan, ela relatou a que ponto o homem chegou. "Chegava a ligar de madrugada para os meus pais dizendo que eu estava em perigo, perguntando a eles se sabiam onde eu estava, ou que eu estava sendo colocada em risco, ligava para os meus amigos de madrugada falando a mesma coisa enquanto eu estava em casa, dormindo. E isso perdurou um tempo. Ele mandava várias encomendas para a minha casa, e eu fiquei muito apavorada".

Na época, Sophia era uma das protagonistas da versão brasileira de "Rebelde" e precisou ter a segurança reforçada. "Em princípio eu só sabia que ele era de Belo Horizonte, não tinha informação do nome dele, do endereço dele. Tive que abrir um boletim de ocorrência. A gente tinha pouco conhecimento sobre essa questão criminal do stalker, na época".

A atriz contou que apesar do medo, tudo acabou bem. "A nossa grande preocupação na época ocorreu quando fomos fazer um show em Belo Horizonte e ficamos com medo de que o stalker me encontrasse, de modo que a produção redobrou a atenção em termos de segurança, e não aconteceu nada, felizmente".

Deixe seu comentário

Só para assinantes