Conteúdo publicado há 25 dias

Morre Wandeko Pipoca, primeiro intérprete do Bozo no Brasil, aos 73 anos

Wanderley Tribeck, o primeiro a interpretar o palhaço Bozo no Brasil, morreu aos 73 anos, na noite de terça-feira (18), em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Ele também era conhecido pelo nome artístico Wandeko Pipoca.

O que aconteceu

Morte foi confirmada pelo filho Wanderley Tribeck Jr. "Hoje, às 23h, meu pai faleceu. Ele teve um infarto e perdeu a vida. O momento é muito triste. O momento é delicado. Quero pedir para todo mundo me mandar força. Essas coisas a gente nunca está preparado. Meu pai vai deixar um legado. Um homem incrível", publicou no Instagram.

Você a vida inteira foi minha referência. Falei com o senhor ontem. Você estava bem. Pai, para quem vou ligar agora? Você é meu melhor amigo. Pai, suas netinhas estavam te esperando. Ainda não acredito. filho

Trajetória

Bozo (Wanderley Tribeck) em programa de 1981, no SBT
Bozo (Wanderley Tribeck) em programa de 1981, no SBT Imagem: Divulgação/SBT

Tribeck foi o primeiro a interpretar o palhaço Bozo no Brasil. Atualmente, ele atuava como pastor evangélico da Assembleia de Deus de Criciúma, no sul de Santa Catarina.

Artista conquistou Larry Harmon, intérprete e dono do palhaço nos EUA, e foi escolhido por ele em 1979. Ele interpretou o palhaço até 1982. O comediante foi demitido após confrontar Silvio Santos.

Wanderley acreditava que "interferências equivocadas" de Silvio teriam levado ao declínio do personagem na televisão brasileira. "Silvio Santos resolveu colocar mulheres de shortinho no programa. Não podia, o americano [Larry Harmon, dono dos direitos autorais da franquia] não permitia isso", contou, em entrevista ao podcast Inteligência Limitada.

Vovó Mafalda (Valentino Guzzo) carrega Bozo (Wanderley Tribeck) no colo em programa de 1981, no SBT
Vovó Mafalda (Valentino Guzzo) carrega Bozo (Wanderley Tribeck) no colo em programa de 1981, no SBT Imagem: Divulgação/SBT
Continua após a publicidade

Ele também culpava a concorrência com Xuxa Meneghel pelo fato de ter deixado de viver o personagem. "Eu saí do ar por causa da Xuxa! Como é que eu vou concorrer com a Xuxa e as paquitas, mostrando bumbunzinho? Entrou um lado sexual. Os homens estavam todos vendo a Xuxa, não queriam mais ver o Bozo."

Ele apresentou A Turma da Pipoca (TV Gazeta) depois que saiu do SBT. No fim dos anos 1980, Tribeck também passou pela Band, no TV Criança, que comandava ao lado de Sandra Annenberg.

Ex-palhaço enfrentou momentos difíceis na década de 1990. O artista teve problemas com álcool e drogas e viu a família ir embora. Em 2000, no entanto, ele virou evangélico e conseguiu retomar a relação com os filhos e a mulher.

Ex-apresentador lançou a biografia "Da Morte para a Vida" em 2023. No livro, o pastor evangélico abordou a própria trajetória, do começo da carreira, a passagem como Bozo e a vida longe dos holofotes após deixar a TV.

Deixe seu comentário

Só para assinantes