Conteúdo publicado há 1 mês

Mario Gomes relembra polêmica com cenoura: 'O que não mata fortalece'

Mário Gomes, 71, relembrou uma situação inusitada do passado, mais precisamente em março de 1977 - uma fake news que afirmava que ele havia sido internado com uma cenoura no ânus.

O que aconteceu

O ator disse que a história da cenoura foi publicada em um jornal que ele não tinha acesso. "O que não me mata, me fortalece. Essa frase icônica de Friedrich Nietzsche me serviu muito na época de cenoura. Eles tentaram me matar, me tirar de cena, falando mal do meu pai. E a cenoura saiu num jornal que eu não tinha acesso", reforçou Mário nas redes sociais.

Mario ainda desabafou sobre a situação e disse que 'se segurou', pois sempre foi contra brigas. "A ideia era ter um jeito impulsivo qualquer, eu treinava luta. Era me atrair para uma emboscada. Ia me prender por eu ter me aborrecida em relação ao meu pai, e todo mundo ia achar que fui preso em relação à cenoura".

Então, eu me segurei, porque sempre fui contra a briga, contra a violência física, a não ser no tatame. Então, me segurei, e acabei usando essa frase: o que não mata, me fortalece. Esses problemas vão te fortalecendo, e vocês vão ficando que nem aço. Quanto mais apanha, mais sólido fica. Mário

Deixe seu comentário

Só para assinantes