Jornalista que revelou vício em álcool viveu climão em saída da Rede TV!

Keila Lima, 54, contou que foi demitida da Record, no início dos anos 2000, devido ao vício em álcool. As declarações foram dadas durante participação no podcast Tagarelando e viralizaram nas redes sociais.

Quem é a apresentadora

Jornalista nasceu em Mauá, na Grande São Paulo, e começou a carreira na Rádio Bandeirantes. Ela também trabalhou no Canal 21, na Band TV e na Globo. Ela foi para o canal da família Marinho em 1998, quando atuou como repórter na capital paulista e afiliadas.

Profissional foi contratada pela Record em 2001. Na emissora, atuou em jornais como Fala Brasil e Cidade Alerta, e no programa Note e Anote. Ela foi demitida em 2005. À época, ela escutou do chefe que seria mandada embora por causa do vício em álcool.

Ele falou: 'Keila, vou te mandar embora porque você vai morrer. Enquanto você tiver dinheiro você vai morrer, então vou deixar você sem dinheiro para ver se você para [de beber]'. Keila, em entrevista ao Tagarelando

Siga o Splash no

Apresentadora foi contratada pela Rede TV! após tratamento para se livrar do vício. A jornalista trabalhou como repórter de telejornais e do programa Bom Dia Mulher, que era apresentado por Olga Bongiovanni. Com a saída de Olga da emissora, no entanto, ela assumiu o programa até a estreia do Manhã Maior - atração que apresentou ao lado de Daniela Albuquerque e Arthur Veríssimo.

Keila protagonizou uma saída polêmica do matinal, em 2011, quando se despediu da emissora com um discurso ao vivo. À época, ela agradeceu a oportunidade de ter passado conhecimento em televisão para Daniela - o que achou um "grande desafio". A fala, no entanto, causou desconforto nos bastidores do canal. Jornalista também agradeceu à produção e falou dos baixos recursos destinados ao programa.

Ela foi contratada pela Rede Gospel e atualmente apresenta o Tudo de Bom Pra Você. A apresentadora também é ativa nas redes sociais, onde compartilha registros do trabalho e da vida pessoal para mais de 70 mil seguidores.

Deixe seu comentário

Só para assinantes