Conteúdo publicado há 28 dias

Apresentadora demitida da Record esclarece vício: 'bebia bastante'

Keila Lima, 54, voltou a falar sobre a saída da Record devido ao vício em álcool.

O que aconteceu

Apresentadora contou que a declaração durante o podcast Tagarelando não foi planejada. "É algo que eu já tinha falado várias vezes. Nunca escondi o tempo em que eu bebi, e bebia bastante [...] Naquele momento, eu achei que era o ideal para se falar."

Ela também criticou o que chamou de banalização do consumo de álcool. "Como se fosse algo muito normal. Nós precisamos entender, e é por isso que eu estou aqui falando com você, nós precisamos entender que não se sabe quem é que pode ser um dependente ou não. E muitas vezes a gente não tem noção, a gente não percebe que está bebendo demais."

Demissão da Record

Keila revelou que foi demitida da RecordTV devido ao seu vício em álcool, mas ressaltou que esse episódio foi decisivo para ela decidir tratar o alcoolismo. A apresentadora explicou que o excesso de bebida modificou sua aparência, seu chefe na Record percebeu e a demitiu para que buscasse tratamento.

"Ele falou: 'Keila, vou te mandar embora porque você vai morrer. Enquanto você tiver dinheiro você vai morrer, então vou deixar você sem dinheiro para ver se você para [de beber]'", declarou em entrevista ao podcast Tagarelando.

A apresentadora contou que após a demissão passou mal, seus batimentos cardíacos aceleraram, buscou um médico e o profissional avisou que, ou ela parava, ou iria morrer. "Eu achava que era exagero [das pessoas], não tinha percebido, até que o médico falou. Se tem uma coisa que muda minha vida é falar de morte, porque acho que a vida é muito boa para você perder por causa de algo que enterra. Falei para o médico 'nunca mais vou beber'."

Deixe seu comentário

Só para assinantes