Este filme arrepiante obrigou atores a ficarem 9 meses filmando no deserto

"Mad Max: Estrada da Fúria" não é apenas um filme de ação, mas uma obra-prima que deixou uma marca duradoura no cinema contemporâneo. Não é por menos. Para o projeto sair do papel, a parte técnica teve atenção especial, exigindo o máximo dos atores: as filmagens, realizadas no deserto da Namíbia, foram desafiadoras, com os atores imersos na ação durante nove meses.

Em entrevistas, os artistas contam que não sabiam muito sobre o roteiro do filme e precisavam filmar todas as cenas rapidamente, no ritmo urgente que o diretor George Miller pedia. A atriz Charlize Theron afirma ter ficado assustada pois nunca tinha feito algo assim antes, e não entendia direito a proposta do diretor - que já tinha o filme inteiro montado em sua cabeça, é claro. A urgência do cineasta resultou em cenas realistas e impactantes, com mais de 80% do filme livre de efeitos digitais.

Isso se refletiu na tela. "Mad Max: Estrada da Fúria" é um espetáculo cinematográfico que transcende a mera ação, entregando uma experiência envolvente e politicamente engajada. Nesta jornada alucinante, Max (Tom Hardy) se une à Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) em uma guerra mortal contra Immortan Joe, numa trama que equilibra habilmente ação, mitologia e crítica social.

Nas premiações, "Mad Max" recebeu 10 indicações ao Oscar de 2016, ganhando em diversas categorias técnicas, como Edição de Som, Mixagem de Som, Direção de Arte, Maquiagem e Penteados, e Figurino. Charlize Theron, que interpreta Furiosa, entregou uma performance poderosa, inclusive raspando a cabeça para o papel.

Filme: Mad Max: Estrada da Fúria

  • Direção: George Miller
  • Ano: 2015
  • Gênero: Ação
  • Onde ver: Max

Deixe seu comentário

Só para assinantes