Conteúdo publicado há 7 meses

Taylor: preso, irmão de fã morta em show tem permissão para ir a velório

Preso, o irmão de Ana Clara Benevides — fã de Taylor Swift que morreu no show da cantora na sexta-feira (17), no Rio de Janeiro — conseguiu permissão para ir ao velório da irmã em Sonora, Mato Grosso do Sul. As informações foram divulgadas pela Defensoria Pública do Mato Grosso do Sul (DPMS).

Nas redes sociais, a defensoria explicou que a mãe de Ana Clara fez a solicitação ao órgão. "A mãe da jovem nos procurou, fizemos o pedido e ficou agendada a escolta do dele para Pedro Gomes, por ser durante o dia e consideravelmente mais perto", disse o defensor público.

O rapaz não teve a identidade divulgada e está preso em Pedro Gomes (MS). A permissão foi concedida durante plantão do defensor público Cristiano Lobo, titular em Coxim. Ele deverá voltar à prisão assim que o velório for encerrado.

Falta de suporte

Os pais da fã de Taylor Swift relataram dificuldade para levar o corpo da jovem do Rio de Janeiro para Sonora, em Mato Grosso do Sul. Eles disseram que ao Fantástico, da TV Globo, que T4F —empresa responsável pelo "The Eras Tour" no Brasil— não ofereceu ajuda. A T4F disse, em nota, que a família de Ana Benevides "não quis falar" com eles.

"O pessoal do show, que montou, não está dando suporte pra gente trazer ela pra casa. Sei que essas coisas nem passam pelos cantores, os artistas nem ficam sabendo disso. Infelizmente, a gente está arcando com tudo e a minha filha ainda não chegou", desabafou Adriana, mãe de Ana Clara Benevides.

A T4F disse, em nota, que a família de Ana Benevides "não quis falar" com eles. A produtora destacou "continuar com canal aberto" para contato com os pais da jovem.

"Nós realizamos o contato com a família via nossa equipe de assistência social e respeitamos o direito de privacidade da família e dos amigos neste momento de dor e luto que não quiseram falar conosco. Reforçamos que continuamos com o canal de contato aberto com a família e solidários neste momento difícil ficamos à disposição para dar toda a assistência necessária", diz o comunicado.

Continua após a publicidade

Quem era Ana Clara

Nascida em Sonora (MS), Ana Clara Benevides tinha 23 anos e morava em Rondonópolis (MT), onde cursava psicologia na Universidade Federal da cidade. Pai da estudante, José Weiny afirmou para Splash que a filha terminaria o curso no primeiro semestre de 2024. "Minha filha era alegre, extrovertida e muito responsável."

Além dos estudos, ela era engajada com a comunidade estudantil e integrava a Associação Atlética Acadêmica de Psicologia da UFR. Ela foi diretora da Associação Atlética Acadêmica de Psicologia e fez parte da equipe de Cheerleaders de Rondonópolis: as Valquírias Cheerleading.

Ana Clara Benevides era muito fã de Taylor Swift e guardou dinheiro por um bom tempo para realizar o sonho de ver a cantora. Acompanhada da amiga, Daniele Menin chegou ao Rio de Janeiro na quinta passada (16) para ver o show da artista na noite de sexta (17).

Deixe seu comentário

Só para assinantes