Conteúdo publicado há 5 meses

Felipe Neto defende criação de sindicato para youtubers: 'Não é comunismo'

Felipe Neto defendeu a criação de um sindicato dos criadores de conteúdos digitais para representar os direitos e interesses dessa classe de trabalhadores.

O youtuber abordou o assunto em entrevista ao podcast PodPah. Na ocasião, Igão, um dos apresentadores do programa virtual, questionou se "é possível ter um sindicato dos youtubers" porque é "preciso brigar e levantar as bandeiras" desse segmento.

Em sua resposta favorável à criação de uma associação para quem criar conteúdo online, Felipe Neto brincou que eles seriam chamados de comunistas, embora sindicatos sejam importantes para defender os interesses da classe trabalhadora, e não sejam sinônimo de comunismo.

"Se a gente falar isso é chamado de comunista sem ser, imagina se a gente fala de sindicato. É óbvio que já deveria ter essa união, deveria ter representação. A galera associa sindicato a coisa de comunismo, só que sindicato é literalmente a representação de trabalhadores num segmento. E você tem Hollywood com sindicato. Não tem mais capitalista no mundo que Hollywood. [Mas] não tem ninguém no Brasil fazendo isso, não tem ninguém unido", declarou.

No PodPah, Felipe Neto também falou sobre os ataques sofridos por questões políticas e disse que chegou a arquitetar um plano de fuga para fugir do Brasil, caso quisessem prendê-lo.

Deixe seu comentário

Só para assinantes