PUBLICIDADE
Topo

Brad Pitt diz sofrer de doença rara e incurável: 'Ninguém acredita em mim'

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

06/07/2022 22h36

Brad Pitt, de 58 anos, contou sofrer de uma doença rara e incurável. Em um autodiagnóstico, o galã de Hollywood diz ter prosopagnosia, distúrbio de "cegueira facial", que faz os pacientes terem dificuldades em se lembrar das pessoas.

Em entrevista à GQ, o vencedor do Oscar afirmou que gostaria de conhecer mais pessoas com essa doença. "Ninguém acredita em mim! Quero conhecer outros", disse ele, que não recebeu um diagnóstico médico oficial.

A condição neurológica cria uma incapacidade do enfermo reconhecer rostos. Os pacientes com graus mais fortes da doença não conseguem diferenciar uma face de um objeto. O astro declarou que sente vergonha quando não consegue se lembrar do rosto de uma pessoa. Por esse problema, ele avalia que as pessoas podem vê-lo como "egocêntrico, distraído e inacessível".

A doença pode provocar uma aversão por encontros sociais, por isso Brad diz que sente vontade de ficar em casa. As pessoas também podem ter dificuldade em reconhecer os próprios familiares e amigos próximos. Nesse caso, eles associam essas pessoas com a voz, roupas ou atributos físicos únicos. "De vez em quando, alguém me dá um contexto e eu digo: 'Obrigado por me ajudar'", disse ele.

O ator afirmou que tentou negar sua condição, mas isso "irritava mais pessoas". Como não recebeu esse diagnóstico oficial, o ator recebeu um pedido para ser examinado por um neurocientista da Universidade Carnegie Mellon.