PUBLICIDADE
Topo

'Estão criminalizando a profissão de humorista', diz Monark sobre Leo Lins

De Splash, em São Paulo

05/07/2022 08h19Atualizada em 05/07/2022 11h15

Monark se pronunciou sobre a demissão de Leo Lins do SBT. Em seu show de stand-up, o humorista de 39 anos fez uma piada em que cita o Teleton e uma criança com hidrocefalia.

O ex-apresentador do Flow Podcast se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter ao dizer que "estão criminalizando a profissão de humorista".

"Leo Lins demitido por fazer uma piada, estão criminalizando a profissão de humorista. Apenas coisas politicamente corretas podem ser ditas em voz alta, já somos uma sociedade censurada, liberdade de expressão está morrendo, quando isso acontecer, matar as outras será fácil".

Piada e demissão

No último final de semana, um vídeo em que Lins debocha de uma criança com hidrocefalia se tornou viral. Na filmagem, ele cita o Teleton, que arrecada dinheiro em ações do SBT para fornecer tratamento a crianças e adolescentes com deficiência.

"Eu acho muito legal o Teleton, porque eles ajudam crianças com vários tipos de problema. Vi um vídeo de um garoto no interior do Ceará com hidrocefalia. O lado bom é que o único lugar na cidade onde tem água é a cabeça dele. A família nem mandou tirar, instalou um poço. Agora o pai puxa a água do filho e estão todos felizes", declarou Leo Lins ao público.

Em contato com Splash, a assessoria do SBT tratou do assunto em poucas palavras. "Leo Lins não faz mais parte do quadro de elenco do SBT. Ele não tem mais contrato conosco", anunciou.

Questionados se o vínculo deixou de existir há algum tempo ou em virtude do episódio, o canal confirmou que "foi encerrado" após o caso.

A AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) emitiu um comunicado na tarde de hoje lamentando o episódio.

"A AACD repudia veementemente a 'piada' feita por Leo Lins em vídeo divulgado recentemente nas redes sociais do comediante. Em uma fala extremamente infeliz e bastante capacitista, ele ataca pessoas com hidrocefalia, chama as pessoas com deficiência de "crianças com vários tipos de problemas" e mostra desrespeito aos moradores do Ceará", diz a nota.

Apesar de estar utilizando os Stories, do Instagram, Leo Lins não se manifestou sobre a saída do SBT, mas expôs estar sofrendo com ataques de haters após a viralização do vídeo. Ele compartilhou na rede social um xingamento de um internauta e ironizou: "Todo o amor da cultura do cancelamento", escreveu.

Splash entrou em contato com Leo Lins e foi informada que o comediante fará uma manifestação sobre o caso em breve nas redes sociais.