PUBLICIDADE
Topo

'Mais fortes', diz diretora do Miss Brasil 2022 sobre finalistas; veja elas

Finalistas do Miss Brasil foram escolhidas após etapas virtuais como entrevista e envio de material fotográfico - Reprodução/ Instagram
Finalistas do Miss Brasil foram escolhidas após etapas virtuais como entrevista e envio de material fotográfico Imagem: Reprodução/ Instagram

De Splash, em São Paulo

05/07/2022 18h58Atualizada em 22/07/2022 18h50

O tradicional concurso de Miss Universo Brasil 2022 anunciou ontem suas cinco finalistas, que foram escolhidas de um jeito diferente. Neste ano, o concurso precisou ser adaptado e envolveu etapas virtuais para a seleção estadual com 26 candidatas de todos os estados — exceto Alagoas — e o Distrito Federal. As finalistas virão a São Paulo para a final presencial.

"Por que fizemos dessa forma? Porque nós não temos a data ainda do Miss Universo. Como estamos no ano de Copa do Mundo, tem muita coisa incerta. Eu não queria ficar [com pouco tempo]. Daqui a pouco eles dizem 'vai ser a primeira semana de outubro' e eu ter eleger a miss só em setembro. Então fizemos um processo diferente", explica Marthina Brandt, diretora nacional do Miss Universo Brasil, em entrevista a Splash.

A estratégia adotada se deve ao fato de que o Brasil é um país continental, e não haveria tempo hábil para organização de concursos licenciados em municípios e estados, preferindo-se assim adiantar o máximo o ano de 2022, ganhando tempo também para o ano de 2023.

Foram três semanas entrevistando todas as 26 candidatas anunciadas e 16 e 17 de junho. As mulheres enviaram material para análise, e então foi definido o Top 16 na última semana de junho.

Na sequência, houve um corte para as 10 melhores colocadas e ontem foram divulgadas o Top 5 após nova rodada de entrevistas: Rebeca Portilho (AM), Luana Lobo (CE), Mia Mamede (ES), Isadora Murta (MG) e Alina Furtado (RS).

"Muita gente fala que é um dos Top 5 mais fortes da história. Eu disse nessa semana e repito com a maior segurança do mundo. Qualquer uma dessas cinco que vencer, vai representar muito bem o Brasil no Miss Universo. Tivemos foco sim na [...] beleza, mas focamos muito na desenvoltura do conteúdo e na oratória, são meninas extremamente preparadas", garante Marthina Brandt.

A final

Há um ano o concurso foi feito diretamente de um cruzeiro com transmissão por uma operadora de canais de assinatura, e não contou com a miss escolhida pela então gestão, Julia Gama, que foi vice-Miss Universo 2020. A polêmica envolveu um "desconvite", conforme publicou a gaúcha. Por sua vez, a organização do Miss Universo Brasil informou que ela descumpriu regras contratuais.

Em 2022, as finalistas viajam para São Paulo para cerca de quatro dias de atividades na segunda quinzena de julho. A noite da final, ainda sem data confirmada, será um evento fechado para convidados. Todas as notas que garantiram vagas das representantes na final serão zeradas para ambas concorrerem igualmente.

Marthina diz que haverá palco, desfiles de gala e biquíni e perguntas: "O que nós tivemos que mudar da tradição é que não são as 27 candidatas que estão vindo para São Paulo e sim as cinco. Por um lado as pessoas estranharam um pouco [pela tradição], mas ao mesmo tempo gostaram da novidade, porque com essas cinco nós conseguimos fazer um trabalho potencializado com cada uma".

Já a transmissão ficará a cargo da plataforma de streaming SoulTV com o CanalUMiss, no canal do Youtube do Miss Universo Brasil e pelo perfil oficial do certame no Instagram (@missuniverso.brasil).

1 - Reprodução/ Instagram  - Reprodução/ Instagram
Luana Lobo (CE), Isadora Murta (MG), Rebeca Portilho (AM), Alina Furtado (RS) e Mia Mamede (ES) são as 5 finalistas do Miss Brasil 2022
Imagem: Reprodução/ Instagram