PUBLICIDADE
Topo

Jakelyne Oliveira se surpreende com regras de voo: 'Proibido chinelo'

Jakelyne se surpreendeu com regras de vestimenta anunciadas para outro voo, no Maranhão  - Reprodução/Instagram
Jakelyne se surpreendeu com regras de vestimenta anunciadas para outro voo, no Maranhão Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

02/07/2022 15h22Atualizada em 02/07/2022 15h29

Jakelyne Oliveira teve uma surpresa momentos antes de embarcar para São Paulo, após aproveitar o São João da Thay. A Miss Brasil 2013 estava no aeroporto quando ouviu um funcionário fazendo uma chamada para outro voo, entre as instruções passadas por ele estava a de que passageiros não poderiam viajar usando camiseta regata e chinelo.

"Gente, eu estou passada, não é o nosso voo, mas começaram a chamar pra um embarque aqui e o moço começou a falar: 'Chamamos os senhores passageiros pra voo tal, informamos que é proibido embarcar com sacolas nas mãos, caixas e informamos também que é proibido embarcar de chinelo e camisa regata", descreveu a ex-"A Fazenda 12", que viajava ao lado do namorado, o cantor Mariano.

"Eu perdi alguma coisa? Porque eu não estou entendendo, nunca vi isso na minha vida, não poder embarcar de regata e chinelinho?", questionou ela, que ainda brincou com o look que havia escolhido para o voo. "Acabei de me tocar que eu estou de regata e com sacolinha, tudo que ele falou que não pode, pra minha felicidade esse voo não é o meu, porque eu já seria barrada. Só faltou o chinelinho", completou ela, nos stories do Instagram, na tarde de ontem.

Jakelyne não mencionou a companhia aérea que operava o voo com as instruções extraordinárias.

Esse não é o primeiro caso do tipo denunciado por influenciadores. Em maio, Amelia Marni, estrela do reality Love Island Australia, foi barrada em um voo da companhia Jetstar por estar usando um top cropped. Um comissário abordou a mulher e exigiu que a passageira "se cobrisse", por mais que as diretrizes da empresa, mencionando "requisitos mínimos de vestimenta", indiquem apenas que "para sua segurança, todos os adultos e crianças capazes de caminhar devem usar calçados (chinelos são aceitáveis) durante o embarque e desembarque".