PUBLICIDADE
Topo

Pabllo Vittar diz que usava carvão e amido de milho como maquiagem

Pabllo Vittar no "PodDelas" - Reprodução/Youtube
Pabllo Vittar no 'PodDelas' Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para Splash, em São Paulo

30/06/2022 08h37

Pabllo Vittar, de 28 anos, relembrou a vida antes da fama, em entrevista ao podcast "PodDelas", na noite de ontem. No bate-papo, a cantora contou que, na adolescência, usava em sua maquiagem produtos inusitados.

"Eu comecei a me maquiar com 16 anos. O gayzinho de Caxias, do Maranhão, que se maquiava com pedaço de carvão, hoje, está aqui. Eu usava Maizena para selar o rosto. Era tudo uns 'truquinhos'", disse.

Ela lembrou que assistia tutoriais de blogueiras no Youtube e isso ajudou a evoluir em suas make up. E refletiu sobre o passado e o fato de estrelar pelo segundo ano consecutivo uma campanha da marca internacional de cosméticos MAC.

"Eu amava assistir as 'gatas' mostrando as maquiagens que eu achava que eu nunca ia ter. Era uma coisa muito distante. Na minha cabeça eu nunca ia ter e nunca iria estar em uma campanha da MAC", destacou.

Cantando na igreja

No papo com as apresentadoras Tata Estaniecki e Bruna Unzueta, Pabllo relatou ainda sobre a infância na igreja, onde começou a cantar, aos 5 anos de idade.

"Comecei na igreja. A igreja é um lugar, pelo menos a que eu ia, que não reprime. Eu ia em uma igreja presbiteriana no interior do Pará", contou.

A cantora completou que era respeitada no ambiente e se sentia bem para mostrar o seu talento na música.

"Eu sou uma pessoa cristã, tenho minha religião, mas naquela hora, quando eu estava ali, na igreja, era o meu show. Eu me sentia a Beyoncé", disse aos risos.