PUBLICIDADE
Topo

Tarik Lima, cantor que morreu aos 25 anos, estourou junto com o brega funk

O cantor Tarik Lima - Magno Virgínio/Divulgação
O cantor Tarik Lima Imagem: Magno Virgínio/Divulgação

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

27/06/2022 17h31

Tarik Lima, cantor paraibano que morreu ontem após um acidente de moto na BR-101, em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa (PB), era um dos destaques da cena do brega funk no Nordeste.

Segundo o jornal Diário do Nordeste, Tarik tinha 25 anos e era natural de João Pessoa. Antes da fama, o artista costumava se apresentar em barzinhos e igrejas do bairro Mangabeira, onde morava com a família.

Seu maior sucesso, o remix de "Bate com Vontade", uma parceria com MC Dricka e Dadá Boladão, é de 2020, ano em que o ritmo pernambucano se espalhou pelo Brasil e tomou conta do Carnaval, que viria a ser o último antes da pandemia.

Com letra pesadona e o som marcante da batida do brega funk, a música era uma das favoritas em virais de dancinhas no TikTok. No app chinês, são cerca de 15 mil vídeos. No Spotify, a música passou de 11 milhões de reproduções.

Depois do remix, Tarik ainda fez outras duas parcerias com MC Dricka, conhecida como Rainha dos Fluxos. Em setembro de 2020 eles lançaram "Esqueci Foi do Meu Ex", música que também conta com Avatar MC, e em junho de 2021 lançaram "Três Movimento".

Outro cantor que fez parcerias com Tarik Lima foi MC Tetéu. Juntos eles lançaram "Eu Vou Te Empurrar", em maio de 2021, e "Chama Ela", em outubro do mesmo ano.

A última música de Tarik Lima em vida foi lançada há pouco mais de um mês, em 16 de maio. Chamado "Nós Bate", o funk era uma parceria com MC Tocha, que lamentou a morte do amigo nas redes sociais.

Empresário do cantor. Roberto Barão também lamentou a morte precoce de Tarik, que além de intérprete era compositor. "Foi um prazer trabalhar contigo, irmão. Além de um grande profissional era uma pessoa espetacular. Vai com Deus, irmão."

Além de Tarik, sua namorada Gabrielle Oliveira também morreu no acidente de moto. Segundo a produção, o cantor chegou a ser avisado da morte da parceira antes de ter uma parada cardíaca no hospital.