Topo

Famosas apoiam Klara Castanho após doação de bebê fruto de estupro: 'Cruel'

Colaboração para Splash, em São Paulo

25/06/2022 21h37Atualizada em 26/06/2022 19h34

Famosas demonstraram apoio e solidariedade à atriz Klara Castanho, depois que ela contou nas redes sociais que decidiu gestar e colocar um bebê para adoção porque ele seria fruto de um estupro. O caso foi exposto em comentários nas redes sociais que atacaram a atriz por não ter ficado com a criança. Para colocar fim aos rumores, Klara contou, em carta aberta, o que viveu nos últimos meses.

A jornalista e ex-BBB Ana Paula Renault criticou a "divulgação maldosa" sobre a violência vivida pela jovem de 21 anos. "Quando uma decisão única e exclusiva da mulher passa a ser assunto público por divulgação maldosa e articulada de outra mulher, que não respeita nada nem ninguém, nos escancara o quão baixo e cruel o ser humano pode ser por ego e posicionamento político", escreveu, no Twitter.

Paolla Oliveira chamou Klara de "filhota" e disse que estará sempre ao lado dela. "Você é maior do que qualquer um ou uma que queira se promover ou promover o ódio com seu nome. Amo você. Sinta meu abraço."

"Sinto muito que você tenha passado por isso", escreveu a atriz Sophia Abrahão. "Estou em choque e muito triste por terem feito você relembrar e reviver toda essa dor. Sinta-se acolhida! Sinta-se amada!".

Maisa Silva escreveu "Te amo pra sempre. Estou com você". A dançarina e ex-BBB Brunna Gonçalves respondeu à publicação de Klara com um emoji de coração.

Em vídeo publicado logo após a carta de Klara Castanho, a atriz Fernanda Nobre questionou: "Por que o aborto é mais condenável e passível de crítica do que a violência do estupro num corpo feminino? Por que quem é contra o aborto diz que é em prol, em defesa da vida? De que vida eles estão falando?", disse, citando dados de violência sexual no Brasil.

A ex-deputada federal Manuela D'Ávila (PCdoB) falou sobre o caso de Klara, relacionando-o com o estupro da menina de 11 anos, que tinha sido impedida de abortar, em Santa Catarina.

"Uma menina de 11 anos é estuprada e tenta interromper a gestação. Outra, com 21, é estuprada e decide entregar o bebê para adoção. As duas são tripudiadas publicamente porque não é sobre aborto ou adoção. É sobre controle, violência e ódio contra as mulheres", publicou.

A ex-BBB Sarah Andrade também lamentou o episódio. "Sinto muito por saber que tenha passar (sic) por isso! Mas você é uma mulher f* e cheia de coragem! Você não está sozinha!".

"Klara, não há o que falar, não há o que pensar. Só te confortar de alguma forma, da forma que podemos aqui distante", disse a atriz Fernanda Paes Lima. "Você está se transformando numa mulher incrível e merece ser feliz. Fica bem. Estamos contigo."

Thalita Rebouças, autora de três livros que viraram filmes e foram estrelados por Klara, postou uma foto ao lado da atriz e declarou seu apoio: "Uma foto pra falar sobre empatia. A gente fala, fala mas não pratica, né? Impressionante. Klarinha é mais que amiga. Depois de três filmes juntas ela virou minha filha do coração. E esse post é só pra dizer o quanto eu te amo e que eu tô com você, Klara. Segurando sua mão. Hoje e sempre".

Homens também manifestaram apoio à atriz. Jean Wyllis, por exemplo, lamentou "todo o horror" vivido por Klara. "Te desejo muita força e saúde para seguir lidando com os danos dessa violência e da violência perpetrada pela imprensa de celebridades e as mídias sociais."

O Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) também prestou solidariedade à atriz de 21 anos e disse que vai investigar o caso.

"O princípio basilar da Enfermagem é a confiança. Portanto, o profissional de saúde que viola a privacidade do paciente em qualquer circunstância comete crime e atenta eticamente contra a profissão, conforme prevê o Art. 82 do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem. Casos assim devem ser rigorosamente punidos, para que não mais se repitam", disse o órgão em nota.

Veja as publicações:

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Famosas apoiam Klara Castanho após doação de bebê fruto de estupro: 'Cruel' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL