PUBLICIDADE
Topo

Brad Pitt avalia carreira e diz que se considera 'na reta final'

Brad Pitt durante a cerimônia do Oscar 2020 - Steve Granitz / WireImage
Brad Pitt durante a cerimônia do Oscar 2020 Imagem: Steve Granitz / WireImage

De Splash, em São Paulo

22/06/2022 11h39

Brad Pitt, que já estrelou filmes de sucesso como "Seven" (1995), "Clube da Luta" (1999) e "Bastardos Inglórios" (2009), atualmente concentra grande parte de seu tempo e atenção em seu papel como produtor de cinema.

Capa da última edição global da revista GQ, ele contou em entrevista à escritora norte-americana Ottessa Moshfegh que está tentando pensar cuidadosamente no que está por vir na sua carreira.

"Me considero na reta final", disse o ator se referindo à trajetória artística.

Apesar da atuação como produtor, Pitt se diz feliz em emprestar seu talento para sucessos de bilheteria no momentos certos. Isso inclui "Bullet Train", com lançamento previsto para agosto no Brasil.

Eu sou uma daquelas criaturas que falam através da arte. Eu só quero fazer sempre. Se não estou fazendo, estou morrendo de alguma forma.

Aprendizados durante a pandemia

Pitt é dono de uma série de propriedades dentro e fora de Los Angeles, nos Estados Unidos, mas escolheu apenas uma delas para se recolher durante a pandemia: a de Hollywood Hills.

"Este foi o primeiro lugar que comprei quando ganhei algum dinheiro em 1994", contou.

Lá, durante o período de isolamento social, ele aprendeu algumas atividades, como tocar violão e fazer cerâmicas. "O que eu amo é o peso, como uma câmera Leica ou um relógio de qualidade. Você pode jogar isso na terra e alguém pode desenterrá-lo 2000 anos depois, porque está sob uma reação vulcânica", brincou.

A capa de Brad Pitt na GQ divulgada hoje é uma produção global e estampará diversas edições do periódico pelo mundo.