PUBLICIDADE
Topo

Larissa é eliminada do 'MasterChef' após bolovo estourado e 'sem gema'

Larissa é eliminada do "MasterChef" - Reprodução/Band
Larissa é eliminada do 'MasterChef' Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para Splash, de Pernambuco

08/06/2022 00h34Atualizada em 08/06/2022 00h39

A médica veterinária Larissa, de 24 anos, foi a quarta eliminada do "MasterChef Brasil", em sua 9ª temporada avaliando cozinheiros amadores.

Na prova de eliminação, que consistia em um bolovo, o da jovem estourou durante a fritura e a gema acabou "sumindo".

Ela se emocionou bastante, agradeceu a Helena Rizzo pela inspiração para ela e muitas mulheres e recebeu abraços e palavras de incentivos dos chefs.

Larissa disputou até o final com Bruno, que de acordo com os jurados, só escapou porque o ovo da jovem 'sumiu' na prova e esse era um dos requisitos.

Saiba tudo o que aconteceu no episódio de 'MasterChef Brasil'

spoiler - Arte UOL - Arte UOL
Alerta de Spoiler Splash
Imagem: Arte UOL

O quarto episódio da temporada trouxe um tema já conhecido dos fãs do formato: o leilão. O programa decidiu juntar o mesmo com um dos maiores temores dos participantes: a confeitaria.

Os cozinheiros tiveram, então, que dar lances de tempo para escolher qual doce eles iriam preferir fazer. A prova não era de reprodução e sim de inspiração, sendo o sabor o principal.

Após o leilão, os pratos e tempos ficaram distribuídos da seguinte forma:

  • Lays - Crepe suzette, em 30 minutos
  • Paraskevi - Churros em 34 minutos
  • Renato - Brownie, em 30 minutos
  • Edleide - Pudim, em 25 minutos
  • Daniel - Bannoffe, em 30 minutos
  • Fernando - Merengue de morango, em 24 minutos
  • Larissa - Rabanada, em 20 minutos
  • Mário - Creme brulee, em 40 minutos
  • Adílio - Bem casado em 50 minutos
  • Melina - Torta de frutas amarelas, em 32 minutos
  • Jason - Pastel de Belém em 30 minutos
  • Bruno - Quindim em 1 hora
  • Rafael - Pão de mel em 30 minutos

Devido ao pouco tempo que quase todos os participantes tiveram para realização da prova, praticamente todos se enrolaram com a produção da sobremesa.

Avaliações

Paraskevi foi a primeira a ser avaliada. A grega fez os churros tradicionais, com ganache de chocolate. Ela fez um bom trabalho, bastante elogiado pelos chefs, tanto no molho quanto nos churros.

Mário inovou um pouco ao fazer um creme brulée de frutas vermelhas. A textura do prato foi elogiada, bem como o gosto, mas um pouco criticado apenas pela apresentação.

Lays apostou no crepe suzette com chantili. Ela foi bastante criticada, pela massa crua, um chantili que não ornou e, de acordo com Fogaça, ela estava com medo e se enrolou.

Fernando fez um merengue de morango com lemon curd. O prato foi elogiado pelo equilíbrio dos diversos pontos e muito bem apresentado, criticado apenas por faltar uma textura.

Renato apresentou um brownie de chocolate e nozes. O doce estava sem liga e com gosto muito forte. Jacquin considerou o prato desagradável.

Edleide se enrolou bastante, mas conseguiu entregar um pudim em 25 minutos. O doce foi um dos mais elogiados pelos jurados, sendo chamado de um "doce de família".

Adílio fez um "casamento aberto", uma espécie de bem casado. Foi considerado doce demais, porém com uma massa leve, macia e no ponto.

Melina entregou uma torta de frutas amarelas elogiada, mas apontada por ser doce demais.

Rafael apostou no clássico, em um pão de ló com ganache de chocolate. Mesmo o prato sendo elogiado pelo sabor, foi criticado por não remeter a um pão de mel - a sobremesa dele.

Daniel cozinhou uma "bannoffe desestrutrada", com os ingredientes separados. O prato do rapaz foi elogiado tanto pelo sabor quanto pela apresentação.

Jason competiu com um pastel de belém de colher. Seu prato, de acordo com os chefes, ficou mediano.

Larissa fez sua rabanada com creme inglês. A rabanada estava boa e crocante, mas o creme estava dissonante e "embolotado".

Bruno fez um sorvete de ovo com tuille de coco para reinventar um quindim. Assim como Rafael, o prato foi elogiado, mas passou longe de lembrar um quindim.

Destaques negativos: Renato por um prato ruim e Rafael e Bruno por fugirem do tema da prova.

Destaques positivos: Paraskevi, Fernando, Daniel e Edleide, com Edleide sendo coroada a vencedora.

Vencedora da prova, Edleide pode salvar mais duas pessoas da eliminação, tendo escolhido Adílio e Mário.

Prova de Eliminação

A prova de eliminação era uma reprodução de um bolovo, um salgado de carne empanado com gema de ovo.

Bruno, Rafael e Renato, os piores da prova, tiveram uma desvantagem: cada um perdeu 3 ovos da cesta. O tempo foi o mesmo para todos: 45 minutos.

Larissa e Melina foram as duas que mais se enrolaram na prova, com Larissa chegando a tentar pedir um ovo cozido de algum companheiro após o seu rachar.

Renato foi considerado mediano, mas o suficiente para subir ao mezanino. O principal problema do seu prato foi a falta de tempero.

Rafael teve um prato bom tecnicamente, proporcional, com um ovo molé muito bom. Ele se salvou.

Jason teve um ovo excelente, mas com a carne um pouco sem tempero.

Lays e Melina foram os destaques positivos da prova, com um melhor equilíbrio entre o ovo e a carne, com Melina vencendo pela 3ª vez seguida a prova de eliminação.

Bruno e Larissa tiveram os pratos mais criticados, com o dele tendo mais defeitos de sabor e proporcionalidade. Contudo, ele conseguiu escapar da eliminação porque o ovo de Larissa ficou sem a gema durante o preparo, algo crucial para um bolovo.