PUBLICIDADE
Topo

Mitiko deixa 'MasterChef' por peixe com geleia de morango: 'Show de horror'

Mitiko foi eliminada do "MasterChef" após combinação estranha - Reprodução/Band
Mitiko foi eliminada do "MasterChef" após combinação estranha Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para Splash, de Pernambuco

01/06/2022 00h33Atualizada em 01/06/2022 00h44

A paulista Mitiko, 38 anos, foi a terceira eliminada do "MasterChef Brasil" em sua 9ª temporada avaliando cozinheiros amadores. Ela deixou a competição por ter feito uma geleia de morango para acompanhar um peixe.

De acordo com os chefs, a ideia foi muito ruim e acabou com todo o resto do prato, que estava bom.

"Já comi coisa ruim na minha vida, mas isso aqui tá na lista de coisas de outro planeta. O cara que vai gostar disso aqui ainda não nasceu", criticou Jacquin.

Fogaça disse que o prato era um "show de horror".

Apesar disso, Helena elogiou a paulista, declarando que pelo pouco que viu, a achou ágil e criativa, mas que passou do ponto na prova do dia.

Confira o que rolou no episódio de hoje de 'MasterChef':

alerta - Arte UOL - Arte UOL
Alerta de Spoiler Splash
Imagem: Arte UOL

Na disputa da semana, os participantes foram divididos em duelos, com o objetivo de replicar pratos clássicos de filé mignon com molhos e guarnições especiais.

Melina, que venceu a prova da última semana, começou a divisão das duplas, que assim ficaram:

  • Melina e Mitiko, que ficaram com filé mignon ao molho de chocolate e mil folhas.
  • Rafael e Paraskevi, que ficaram com filé ao molho mostrada e batata rústica.
  • Bruno e Edleide, que ficaram com filé ao molho poivre e batatas chips.
  • Larissa e Adilio, que ficaram com filé ao molho choron e batatas sautê em cubos.
  • Laís e Jason, que ficaram com filé ao molho periguex, um molho trufado, com purê de batata.
  • Fernando e Renato, que ficaram com filé ao molho gorgonzola e batata rostie.
  • Mário e Daniel, os dois que sobraram, ficaram com molho bearnaise e batata frita.

A divisão das duplas causou pequenos atritos entre os participantes. Fernando chegou a dizer que já "havia gente jogando" no terceiro episódio da temporada.

A prova gerou diversos atritos.

Melina se cortou duas vezes durante a realização, chegou a ir para a ambulância e perdeu tempo de prova e Jacquin se irritou bastante após ver Bruno usando vinho tinto ao invés de conhaque - como ele havia dito - em seu molho.

Avaliações

Edleide e Bruno foram os primeiros a apresentar o prato. Edleide venceu a prova, pela picância do molho, bons chips e ótimo ponto de carne. Já Bruno, fez um molho muito ralo e com gosto ruim, mas com um filé bom e uma batata elogiada.

Adílio e Larissa foram os segundos, com o molho choron. Larissa foi elogiada pelo molho e pelas batatas, mas criticada apenas pela formato da carne. Já Adílio, entregou batatas um pouco queimadas e carne um pouco fora do ponto. Larissa venceu por ter feito um molho melhor.

Melina e Mitiko entregaram filés ao molho de chocolate criticados. Os mil folhas de batata também foram detonados e os jurados consideraram os dois pratos "desastrosos", com as duas indo para a prova de eliminação.

Mário e Daniel foram os quartos. Daniel foi elogiado pelo ponto de carne e pelo molho, enquanto Mário criticado em todos os pontos do prato, da batata ao molho e ao ponto da carne.

Entre Rafael e Paraskevi, a grega acabou se complicando na forma de fazer a carne, o que foi apontado pelos chefes. Além disso, o molho dela foi um pouco criticado pelo uso errado da mostarda. Pelos erros dela, Rafael subiu pro mezanino.

Fernando e Renato trouxeram filé com molho gorgonzola e batata rostie. Os dois usaram base de bechamel para o molho, algo repreendido pelos chefs, e Fernando foi muito criticado pela batata rostie muito amassada. Além disso, ele teve a "orelha puxada" pela bancada muito desorganizada durante a prova.

Jason e Laís apresentaram o molho perigueux. Os dois purês foram considerados salgados e os dois filés feitos no ponto certo, mas Laís venceu a prova por ter acertado mais na consistência do molho.

Todos os perdedores foram direto para a prova de eliminação.

Eliminação

A prova de eliminação trouxe o tema de invólucros naturais, envolvendo especialmente folhas.

Helena Rizzo deu uma aula para os participantes a respeito de uma "poqueca", considerada a moqueca indígena, composta de peixe e pirão envoltos em uma folha de cúrcuma.

A prova, porém, era livre, sendo exigido apenas que os participantes usassem um invólucro e uma massa com base em algo natural.

Jason foi o primeiro, com uma terrine de carne com pistache na folha de cúrcuma e molho gasparcho. O participante foi elogiado pela ideia, mas a terrine considerada pouco úmida. A combinação terrine + gasparcho também foi criticada.

Bruno entregou um patê de peixe pintado e cogumelos na folha da capeba com um consomê de beterraba. O prato do rapaz foi considerado bom e bem temperado, mas com uma ausência de contraste entre todas as partes do mesmo.

Paraskevi apostou em charutos de arroz e ervilha com molho de limão. A grega foi criticada pela acidez em excesso do prato, considerado muito sem sal e sem sabor.

Adílio disputou com mousse de frango com cogumelos na folha de couve e um angu de milho. Ele foi criticado pelo caldo de frango, mas com o apontamento de que o resto do prato estava bom, embora mal feito.

Melina fez um pargo na folha de bananeira com cogumelos salteados e creme de milho. O prato foi considerado gostoso e bem temperado, com um peixe no ponto.

m - Reprodução/Band - Reprodução/Band
Geleia de Morango com peixe de Mitiko chamou atenção em 'MasterChef'
Imagem: Reprodução/Band

Mitiko foi a participante mais criticada na concepção, por usar um peixe com geleia de morango na folha de bananeira. A ideia foi considerada estranha, pelo contraste de sabores. Os chefs criticaram bastante o prato, com o morango tendo "acabado" com tudo.

Fernando entregou um pintado na folha de bananeira, que foi "salvo" pela vinagrete. O resto do prato foi considerado seco, sem sal e ruim.

Mário foi o último a ser avaliado, com um hihi na folha de bananeira e peixe cumbuco, que foi considerado na média.

Melina e Mário foram considerados os dois melhores pela simplicidade, mesmo com erros, com Melina, mais uma vez, sendo a vencedora da prova de eliminação.