PUBLICIDADE
Topo

Bipolar, ator de 'Stranger Things' relaciona transtornos mentais à pobreza

David Harbour, que interpreta Jim Hopper em Stranger Things, disse que foi internado por transtorno bipolar - Divulgação
David Harbour, que interpreta Jim Hopper em Stranger Things, disse que foi internado por transtorno bipolar Imagem: Divulgação

Colaboração para Splash, em São Paulo

28/05/2022 17h30

David Harbour, ator da série "Stranger Things" (Netflix), contou que foi internado para tratar sua bipolaridade. O astro ainda afirmou que transtornos mentais são uma "condição da pobreza" e ressaltou o aspecto social ligado ao adoecimento psíquico.

Em entrevista à Big Issue, Harbour declarou: "Fui diagnosticado aos 26 anos como bipolar depois de um episódio que me levou à internação".

"Tem uma parte dos transtornos mentais que necessita de medicação. Mas tem também um componente muito social. Não é como uma perna quebrada. O que define 'louco' é inadequação social, mas é muito socialmente inapropriado, de certa maneira, não ter dinheiro o suficiente para sobreviver".

Estar adoecido mentalmente é uma condição natural da pobreza. Quando você não consegue fazer parte da sociedade ao sair para almoçar ou ir a uma loja, isso lhe deixará louco.
David Harbour, ator

Harbour disse que começou a se interessar por terapia após o trauma que o levou à internação. "Lidar intelectual e emocionalmente com traumas tem sido muito mais libertador para mim que hospitais e medicação".

O artista interpreta Jim Hopper na série Stranger Things, cuja 4ª temporada estreou na última quinta-feira. Segundo o WallStreet Journal, os novos episódios custaram R$ 1 bilhão à Netflix.