PUBLICIDADE
Topo

Ator de 'Top Gun 2' diz que elenco passou por teste de natação da Marinha

"Top Gun 2": Jay Ellis relata "perrengue" sofrido pelo elenco em um teste da Marinha dos Estados Unidos - Reprodução/YouTube
'Top Gun 2': Jay Ellis relata 'perrengue' sofrido pelo elenco em um teste da Marinha dos Estados Unidos Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

27/05/2022 17h10

O ator Jay Ellis, de 40 anos, que vive o piloto Payback em "Top Gun: Maverick", contou que os "perrengues" que o elenco do longa-metragem enfrentou ao precisar passar por um teste de natação da Marinha dos Estados Unidos.

Em entrevista para o talk show de Jimmy Kimmel, o artista afirmou que a prova foi uma exigência para os atores conseguirem voar:

Na Marinha, tem uma chance de você ser ejetado na água, não no filme, graças a Deus (risos). Para voar na traseira do F-18, tivemos que fazer esse teste de natação. Treinamos com o técnico do time olímpico dos EUA de natação em águas abertas, Dave Klusenheimer. Eu adoro o Dave, mas ele esqueceu que somos atores. Jay Ellis

"Estávamos com 18kg de equipamento dentro da piscina e ele dizia: 'Façam de novo, mais rápido, o tempo de você está muito curto, façam de novo. Se o avião cair, vocês só terão dez segundos", seguiu o ator, arrancando risadas do apresentador.

"Eles não nos contaram sobre o teste até uns dois meses após assinarmos o contrato para fazer o filme. Depois de nos contarem que iriamos voar, dissemos: 'Vocês são doidos, não vão colocar atores em aviões'. E então o Tom [Cruise] descobriu como fazer isso. Um pouco depois, disseram: 'Para fazer isso, vocês precisam fazer o teste de natação'", contou Jay Ellis.

O artista relatou que eram oito horas por dia de treinamento, com algumas horas de sala de aula e algumas horas na piscina. Ao final, os atores treinaram em uma estrutura de um helicóptero submersa em uma piscina.

O elenco era preso no item, que girava de cabeça para baixo — o grupo passou pela experiência três vezes no claro e também no completo escuro, simulando um acidente à noite "Um verdadeiro pesadelo", relatou Jay Ellis.