PUBLICIDADE
Topo

Em depoimento, Kate Moss nega que Johnny Depp a empurrou de uma escada

Johnny Depp e Kate Moss namoraram nos anos 1990 - Ron Galella, Ltd. / Getty Images
Johnny Depp e Kate Moss namoraram nos anos 1990 Imagem: Ron Galella, Ltd. / Getty Images

De Splash, em São Paulo

25/05/2022 11h49

Kate Moss depôs no julgamento de difamação que Johnny Depp move contra Amber Heard — o ator pede US$ 50 milhões, aproximadamente R$ 250 milhões.

A modelo, que namorou Depp entre 1994 e 1998, negou a alegação de Heard de que ele a teria empurrado de uma escada. A declaração foi feita em depoimento no julgamento que acontece no tribunal do condado de Fairfax, na Virgínia (EUA). As informações são do Daily Mail.

"Ele nunca me empurrou, me chutou ou me jogou escada abaixo", afirmou Moss.

Questionada pelo advogado de Depp, Benjamin Chew, Moss completou: "Ele me carregou para o meu quarto e me deu atendimento médico". A modelo afirmou que o episódio aconteceu depois que ela escorregou nas escadas durante as férias do casal na Jamaica.

Heard havia dito que temia que Depp empurrasse sua irmã escada abaixo durante uma discussão violenta. De acordo com a atriz, existia um boato de que Depp já havia feito a mesma coisa com Moss enquanto eles estavam juntos.

O depoimento de Kate Moss faz parte de uma fase do julgamento conhecida como refutação, em que a defesa de Depp contesta as alegações de Heard. Nesse caso, a modelo foi testemunha do ator.

Entenda o caso

Johnny Depp e Amber Heard, que se conheceram em 2012, nas gravações de "O Diário de um Jornalista Bêbado", tiveram um destino longe de final feliz de filme romântico. Firmado em 2015, o casamento durou 15 meses. Desde então, há seis anos, a vida privada dos dois se tornou pública e ganhou protagonismo: eles aparecem na imprensa do mundo inteiro trocando acusações, enquanto seus feitos no cinema são meros coadjuvantes.

Em maio de 2016, Amber Heard deu entrada no divórcio e acusou Johnny Depp de violência doméstica. Já no fim de 2018, ela publicou um artigo no jornal norte-americano The Washington Post. Depp nem foi citado, mas os relatos contados pela atriz rapidamente foram associados a ele. Este é o julgamento que está em curso, e o ator pede US$ 50 milhões, aproximadamente R$ 250 milhões.

A longa e milionária batalha judicial envolvendo Johnny Depp e Amber Heard é repleta de acusações mútuas e difamações.