PUBLICIDADE
Topo

Diretora de teatro explica caminhos para Jade Picon conseguir DRT de atriz

Colaboração para Splash, em São Paulo

25/05/2022 19h29

A diretora de teatro Pitty Webo ao longo de 28 anos de carreira participou de diversas produções no cinema e na televisão, incluindo a novela "Mulheres Apaixonadas" (2003), onde foi uma das revelações da trama ao interpretar a jovem Marcinha.

Ao Central Splash de hoje (25), a diretora explicou de quais maneiras Jade Picon pode conseguir o DRT, o registro profissional de ator/atriz na carteira de trabalho. A ex-BBB tem sido muito criticada por ter sido escalada para "Travessia", próxima novela das 21h da Globo, mesmo sem ter nenhuma experiência em atuação.

Esse registro pode ser tirado de duas formas: no Ministério do Trabalho ou no Sated, que é um sindicado dos artistas que existe em todo estado e com regras próprias. Mas, de maneira geral, pode tirar o registro quem faz um curso profissionalizante ou prova ter experiência profissional, como peças amadoras e cursos livres.

De acordo com Pitty Webo, há ocasiões em que o Sated faz uma espécie de "liberação especial" para emissoras que querem contratar alguém que não tem o DRT.

Essa liberação é bem polêmica, mas sempre existiu. O Sated pensa que se alguém quer contratar, não tem motivo para ele recusar. Só que alguns atores ficam meio tristes com isso por terem estudado tanto para ter o registro.

No início de maio, quando se tornou público que Jade estava sendo cotada para um papel na próxima trama do horário nobre da Globo, vários atores e atrizes se posicionaram contra nas redes sociais.

O Sated-RJ (Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro) recebeu mais de 3 mil ligações de filiados e não filiados do Brasil pedindo esclarecimentos e cobrando uma posição da entidade.

O presidente do sindicato Hugo Gross disse que a instituição deve barrar a atuação da ex-BBB. "Não estamos aqui para atrapalhar a vida de ninguém, estamos para cumprir a lei. Sem registro profissional, a Jade não trabalha.", afirmou, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

Central Splash

Comandado por Chico Barney no YouTube (e no TikTok e no Twitter) de Splash, o "Splash Show" de quarta cresceu, ganhou um novo nome e uma faixa em horário quase-nobre só para ele. No "Central Splash", de segunda a sexta-feira, sempre às 18h, o colunista se junta aos colegas Aline Ramos e Lucas Pasin para discutir tudo o que está bombando nos realitys shows, TV e na vida das celebridades e subcelebridades.