PUBLICIDADE
Topo

Aos 59, Tom Cruise diz não sofrer preconceito por idade

Tom Cruise interpreta Pete "Maverick" um dos principais aviadores da Marinha - Reprodução/Instagram
Tom Cruise interpreta Pete "Maverick" um dos principais aviadores da Marinha Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, no Rio

22/05/2022 23h11

36 anos depois de estrear nos cinemas com "Top Gun" como Pete "Maverick" Mitchell, Tom Cruise está pronto para lançar a sequência do longa. Desta vez, o ator de 59 anos dará vida a um professor.

Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, o galã de filmes de ação disse que não sofre preconceito por causa da idade. O assunto veio à tona após o repórter relembrar uma fala de Madonna que dizia que sofria etarismo por ser uma mulher com atitudes aventureiras.

Não (sofro preconceito), estou interessado mesmo em criar minha vida. Sim, sempre aprender e me desafiar.
Tom Cruise sobre não sofrer etarismo

Tom Cruise ainda falou sobre os pedidos dos fãs para que "Top Gun" tivesse uma continuação ao longo de mais de 30 anos.

"Aonde eu ia, as pessoas pediam a continuação. Só foi aumentando. E eu ficava pensando: 'como é que vou fazer algo gratificante para o público e para mim?'. Então levou décadas até encontrar algo com esse potencial", conta Tom Cruise.

O novo "Top Gun" levanta o debate de substituição de pessoas por drones, além de sugerir que a tecnologia pode acabar sumindo com a nova geração de atores também. O programa questionou o que ele achava de um haver um "Tom Cruise eterno", estrelando filmes mesmo depois dele morrer.

"Olha, eu tô nessa há 42 anos. E a única coisa que eu sei é que histórias são soberanas. Todo mundo quer uma boa história. E num filme não há nada como a coisa real", disse.