PUBLICIDADE
Topo

'Menino do brócolis' e novelas: a carreira de Rafael Miguel antes da morte

Rafael Miguel: relembre carreira do ator - Reprodução/Youtube/SBT
Rafael Miguel: relembre carreira do ator Imagem: Reprodução/Youtube/SBT

Alexandre Cavalcante

Colaboração para Splash

18/05/2022 04h00Atualizada em 18/05/2022 07h52

A polícia de São Paulo prendeu na segunda-feira (16) Paulo Cupertino, suspeito de executar o ex-ator Rafael Miguel, 22, e os pais do jovem em junho de 2019. O crime aconteceu na Estrada do Alvarenga, no bairro Pedreira, na zona sul da capital paulista.

Anos antes entrar para o elenco do remake de "Chiquititas", no SBT, o garoto, que à época do crime namorava Isabela Tibcherani, já conquistara o Brasil com um comercial que faria história.

Em seu primeiro trabalho para a TV, ainda criança, Rafael chamou atenção ao interpretar um menino apaixonado por brócolis. No comercial, Rafael interpreta um menino pedindo que a mãe compre brócolis, uma cena não muito convencional. Veiculada nacionalmente, a propaganda foi o primeiro passo de Rafael para uma carreira que continuaria nas telenovelas nos anos seguintes.

Com a projeção nacional, o ator fez sua estreia na TV Globo em 2006, aos 9 anos de idade, com uma participação curta na minissérie "JK". Na obra, Rafael interpretou Antenor na primeira fase da história, em dois episódios. Na sequência, participou de "Cristal", trama produzida pelo SBT.

Em novembro do mesmo ano, já com 10 anos, Rafael voltou à TV Globo com um papel em "Pé na Jaca", trama das 19h de Carlos Lombardi. Na história, ele interpretou Percival, filho dos personagens Vanessa (Flávia Alessandra) e Arthur (Murilo Benício).

Ainda na Globo, Rafael também esteve presente em "Cama de Gato" (2009-10), também como filho de dois grandes atores - dessa vez, Heloísa Périssé e Marcello Novaes.

rafael - Reprodução/SBT - Reprodução/SBT
Rafael Miguel como Paçoca em "Chiquititas"
Imagem: Reprodução/SBT

Seu papel mais marcante viria na sequência. Rafael voltou ao SBT, local onde conseguiu seu primeiro papel em novelas para o que seria também seu último trabalho. De 2013 a 2015, ele deu a vida a Paçoca, um dos personagens do remake de "Chiquititas", produzido pelo SBT.

Ao SBT News, o diretor da novela Reinaldo Boury falou sobre Rafael. "Ele era um profissional exemplar, todos gostavam muito dele, a equipe gostava muito dele. Eu, particularmente, o dirigi em várias cenas; sempre muito atencioso, sempre com vontade de aprender", declarou.

Antes do crime, Rafael dava aulas de inglês no bairro de Perdizes, oeste de São Paulo, e tinha planos de morar com a namorada.