PUBLICIDADE
Topo

Fernanda é a 1ª eliminada do 'MasterChef' por não colocar batata em prato

Fernanda é a primeira eliminada do "MasterChef Brasil" - Reprodução/Band
Fernanda é a primeira eliminada do "MasterChef Brasil" Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para Splash, de Pernambuco

18/05/2022 00h34Atualizada em 18/05/2022 00h45

A engenheira civil Fernanda, de 29 anos, foi a primeira eliminada da nova temporada do "MasterChef Brasil", a 9ª avaliando cozinheiros amadores.

A mineira deixou a competição após esquecer a batata no prato de eliminação, que consistia em um coelho recheado com batata, cenoura e molho de mostarda. Além disso, seu molho foi considerado pesado.

A mineira agradeceu a oportunidade.

"Que a gente se encontre na frente", declarou.

Os chefs a incentivaram a não desistir da culinária e seguir em frente.

O episódio de estreia trouxe ainda elogios ao look escolhido por Jacquin.

Confira o que aconteceu na estreia da nova temporada:

spoiler - Arte UOL - Arte UOL
Alerta de Spoiler Splash
Imagem: Arte UOL

A temporada começou pegando fogo, com uma caixa misteriosa esperando os 16 participantes. A "surpresa" trazia uma comida especial para cada um. Alguns dos novos cozinheiros chegaram a se emocionar, devido aos pratos possuírem uma memória afetiva.

Eles variavam de vatapá a bolo indiano e bife wellington. Contudo, na sequência, os participantes descobriram que precisariam, na verdade, fazer um prato de outro participante. Eles tiveram 30 segundos para correr até outra bancada e decidir qual prato ficariam responsáveis.

Por não terem muito costume com alguns dos pratos, a maioria dos cozinheiros se enrolou com a preparação.

Algumas avaliações

Melina fez uma torta de sardinha confitada com tomate, cenoura, cogumelo e alcaparras. A participante foi bastante elogiada, especialmente pelo tempero do recheio.

Daniel trabalhou com um tambaqui com farofa e tucupi. Ele teve problemas com a pele do peixe que grudou durante o processo, mas conseguiu resolver a questão. Ele também foi elogiado, pelo dourado do peixe e pelo ponto.

Genesca tentou reproduzir um bife Wellington, mas não gostou do trabalho. Jacquin perguntou a participante o que ela achava que estava fazendo ali e disse que "a carne parecia viva e pronta para conversar". O purê que ela fez como acompanhamento também foi criticado. Helena Rizzo a criticou pela lentidão no processo.

Adílio foi elogiado por uma massa de raviolli bem cozida e bem temporada, porém um pouco grossa.

Fernanda foi uma das que mais se enrolou durante a produção e não conseguiu se dar bem com uma panna cota de maracujá. O prato foi apontado pelos chefes como algo que não tinha gosto ruim, mas que não lembrava uma panna cota.

Renato fez um bolo indiano, com massa amanteigada e especiarias, finalizado com creme inglês, bastante elogiado pelos jurados.

Fernanda e Genesca foram os destaques negativos apontados pelos chefs e seguiram para a prova de eliminação.

Adílio, Renato, Melina e Daniel foram considerados os destaques positivos, com Renato eleito o melhor da prova. Os 4 subiram direto para o mezanino.

Prova Sensorial

Os demais participantes, não chamados para avaliação, tiveram uma segunda chance de escapar da eliminação. Renato escolheu Fernando para ter essa chance e o rapaz, por sua vez, decidiu duelar com Bruno pela vaga.

O desafio consistia em uma prova sensorial, envolvendo sorvetes de sabores diferentes como pimentão, feijoada, pipoca, pequi, tomilho e bacon. Eles deveriam degustar as sobremesas e adivinhar o sabor.

Bruno venceu o desafio e se livrou da eliminação.

Melina, Daniel e Adílio tiveram que definir os outros participantes que fariam a prova de eliminação, escolhendo Paraskevi, Rafael e Jason, respectivamente.

Eliminação

Na prova de eliminação, os participantes precisaram trabalhar com carne de coelho e reproduzir um prato de coelho recheado com batata, cenoura e molho de mostarda, clássico da culinária francesa.

Jacquin, experiente no prato, explicou aos participantes todos os passos do processo. Eles tiveram 1h15min (com exceção de Fernanda e Genesca, que perderam 5 minutos) para executar a prova.

Apesar do passo a passo de Jacquin, a maioria dos participantes se enrolou durante o processo. O mezanino tentou ajudar, mas levou uma bronca dos chefs, que afirmaram que eles estavam mais atrapalhando os colegas.

Rafael foi o primeiro a apresentar o prato. O ponto dos legumes foi elogiado, bem como o método que ele usou para fazer o prato. Jacquin considerou o trabalho dele como bem organizado.

Paraskevi veio na sequência. A grega foi um pouco criticada pelo molho e pelo cozimento do coelho. Seu prato, no fim, foi considerado aceitável.

Jason foi o terceiro. Ele afirmou ter se atropelado um pouco com a mostarda, mas acreditou ter conseguido se sair bem. O prato foi considerado bem completo, com um ótimo molho.

Fernanda, a quarta a se apresentar, cometeu um erro grave: esqueceu de colocar batata no prato. Além disso, seu molho foi considerado pesado demais.

Genesca foi elogiada pelo molho, mas criticada pela cebola, considerada crua. Um acompanhamento, na contramão, foi considerado cozido demais.

Fernando também teve um prato elogiado pelo ponto do molho e das batatas. Contudo, foi criticado pela falta de organização durante o processo.

Resultados

Jason e Rafael foram considerados os melhores da prova, com Jason sendo coroado o vencedor.

Fernando e Paraskevi foram salvos na sequência, com pratos considerados entre o destaque positivo e o negativo.

Entre Fernanda e Genesca, os chefs escolheram eliminar Fernanda da competição, por ser o prato que mais fugiu ao original. Ainda assim, Jacquin criticou Genesca e afirmou que ela continuou apenas pela batata que faltou no prato da mineira.