PUBLICIDADE
Topo

Alanis Guillen não se rotula bi ou hétero: 'Nossos desejos são nossos'

Alanis Guillen é a protagonista Juma de Pantanal - Globo/João Miguel Júnior
Alanis Guillen é a protagonista Juma de Pantanal Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Colaboração para Splash, em São Paulo

14/05/2022 15h52Atualizada em 15/05/2022 08h05

Sucesso como Juma em "Pantanal" (TV Globo), a atriz Alanis Guillen concedeu uma entrevista ao jornal O Globo, onde falou sobre sua sexualidade e a parceria com Jesuíta Barbosa, Jove na trama.

A atriz afirma que não se limita a rótulos, que "se relaciona com pessoas" e acha que é "revolucionária" a maneira como outras artistas tem assumido a bissexualidade.

"Nossos desejos são nossos e não para servir a nada e nem ninguém. Mas entendo como é afrontoso ser uma mulher livre, que se expressa e que se tem pra ela", disse.

A química entre Alanis e Jesuíta tem sido muito elogiada, e a artista revelou que desejava trabalhar com ele antes: "A gente foi desenvolvendo uma amizade de muita admiração. Eu já admirava o artista que é, e sonhava mesmo em um dia trabalhar com ele".

A atriz exaltou a conexão entre eles: "A gente se conecta num silêncio, numa intimidade que é muito bonita. Nunca nem falei isso pra ele, mas a gente se tem num mistério. Às vezes, só de se olhar a gente se sente, se conecta, se sabe, se fala sem falar. Por isso que fica muito rico. A gente no set é "faça o que quiser de mim, que eu faço o que quiser de você".