PUBLICIDADE
Topo

Tiago Leifert diz que sofreu assédio moral na faculdade: 'Fascistinha'

Tiago Leifert diz que sofreu assédio moral durante a faculdade de jornalismo - Reprodução/Instagram
Tiago Leifert diz que sofreu assédio moral durante a faculdade de jornalismo Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

11/05/2022 21h45

O apresentador Tiago Leifert, 41 anos, passou por situações vexatórias enquanto cursava a faculdade de jornalismo. Ele foi vítima de diversos episódios de assédio moral da parte de um professor universitário, que o menosprezava porque seu pai, Gilberto Leifert, trabalhava para a TV Globo.

"Ele falava assim, no meio da aula: 'tem playboyzinho aqui que veio comprar diploma, né? Papai trabalha na grande mídia, está resolvido já'. Assim, na minha cara, juro por Deus", recordou o marido de Daiana Garbin, em entrevista ao podcast "Fala, Brasolho", do YouTube.

"Tenho muito sangue frio, demoro para perder a paciência. Não caía em provocação, deixava ele falar. Ele falava: 'porque tem fascistinha aqui', na minha cara. E o bando de banana que estudava comigo também, ninguém falava nada", queixou-se.

Por conta do constrangimento, o apresentador terminou os seus estudos universitários em Miami. "Meu pai era do setor comercial da Globo, nunca fui subordinado a ele na minha vida, ele era de outro departamento. Meu pai nunca foi subordinado nem chefe de nenhum dos meus chefes, nunca".