PUBLICIDADE
Topo

Lázaro Ramos lamenta ter cortado cena com Alcione de 'Medida Provisória'

Colaboração para Splash, do Rio

09/05/2022 04h00

"Escrever é cortar palavras", ensina a máxima da concisão. Em sua estreia na direção, Lázaro Ramos adaptou o conselho atribuído ao poeta Carlos Drummond de Andrade (ele negava a autoria) para a sala de edição - e deixou de fora de "Medida Provisória" algumas cenas que adorava.

Lázaro falou desses dilemas da montagem em sua participação no "OtaLab" da última semana. Uma das cenas cortadas que mais o deixou triste tinha Alcione, este patrimônio vivo da cultura brasileira.

Eu sofri tanto que eu tive que cortar esta cena do filme. Até porque eu liguei pra ela e falei: 'Pô, Marrom, eu queria tanto ter você nesse filme'. Eu queria fazer uma homenagem a ela, mas tive que cortar.

"O filme é cheio de pessoas queridas - Emicida, Conceição Evaristo, não vou citar todo mundo aqui - e tem gente que faz só uma cena", contou.

Para driblar a frustração de não encaixar todas as cenas que gostaria no filme, Lázaro pensou numa alternativa:

Eu cortei tanto a cena da Alcione quanto a do Rafael Portugal com o Yuri Marçal. Aí tive a ideia de liberar as cenas na internet a partir da quantidade de público alcançado. Felizmente temos a internet, que possibilitou as pessoas verem a Marrom e a generosidade que ela teve com o filme.

OtaLab

O "OtaLab", o programa de internet que parece TV, pode ser acompanhado pelos canais do Splash no YouTube, Twitter e Facebook. Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.