PUBLICIDADE
Topo

Sem Chico Pinheiro e Tramontina; veja os veteranos que continuam na Globo

Carlos Tramontina (à esq) e Chico Pinheiro (à dir) deixam a Globo - Reprodução / TV Globo
Carlos Tramontina (à esq) e Chico Pinheiro (à dir) deixam a Globo Imagem: Reprodução / TV Globo

Rebecca Vettore

Colaboração para UOL

29/04/2022 13h59

Depois de 43 anos, o jornalista Carlos Tramontina saiu da Globo. O anúncio foi realizado na terça-feira (26), horas após o apresentador ter acompanhado a apuração das escolas de samba no Carnaval de São Paulo. O global ficou por 24 anos apenas à frente do "SPTV 2ª Edição". Além do jornal vespertino, Tramontina, atualmente com 65 anos, marcou presença na apresentação de todos os telejornais da emissora.

Nesta sexta-feira (29), outro jornalista veterano deixou a emissora. A informação da saída de Chico Pinheiro foi confirmada por Ali Kamel, diretor de jornalismo. O jornalista, que trabalhou na Globo por 32 anos, tomou a decisão em comum acordo com Kamel. Chico foi apresentador do "Bom dia São Paulo" e do "SPTV 1ª edição" - do qual ficou à frente por 13 anos. Em 2011, passou a fazer parte da bancada do "Bom Dia Brasil".

Aos olhos da geração dos millennials (nascidos entre 1981 e 1996), pode parecer impossível trabalhar em uma só empresa durante a maior parte da vida, conforme mostram as pesquisas do Center for Generational Kinetics. Mas, para os jornalistas veteranos da Globo, como Tramontina e Chico Pinheiro, isso é algo supercomum.

Léo Batista - 51 anos de Globo

O jornalista Léo Batista - Estevam Avellar/Globo - Estevam Avellar/Globo
O jornalista Léo Batista
Imagem: Estevam Avellar/Globo

Já se pode dizer que o veterano Léo Batista passou mais da metade da vida pelos corredores da Globo. O jornalista de 89 anos estreou no "Jornal Hoje" em 1971, ao lado de Luís Jatobá. Atualmente, ele comanda os quadros esportivos da emissora.

Glória Maria - 52 anos de Globo

BBB 22: Glória Maria contou no "Encontro" (TV Globo) que está assistindo o reality pela primeira vez - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
A jornalista Glória Maria
Imagem: Reprodução/TV Globo

A jornalista ingressou na Globo em 1970 e marcou a história da emissora: virou repórter em uma época em que as pessoas ainda não apareciam no vídeo; fez a primeira matéria a cores do "Jornal Nacional" em 1977; enquanto trabalhava no "Fantástico", viajou por mais de 100 países. Em 2008, tirou uma licença de dois anos da emissora. Quando retornou, passou a integrar a equipe do "Globo Repórter", onde está como apresentadora.

Ilze Scamparini - 39 anos de Globo

Ilze Scamparini é correspondente da Globo na Itália desde 1999 - Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
A jornalista Ilze Scamparini
Imagem: Reprodução/Globoplay

Desde que começou a cobrir férias de repórteres do "JN" em 1983, Ilze nunca mais deixou a emissora. Ao longo dos seus quase 40 anos de presença na Globo, a jornalista já trabalhou no "Globo Repórter" e fez matérias especiais em diferentes programas, como o "Jornal Nacional". Em 1999, ela foi escalada para ser correspondente internacional em Roma, na Itália.

José Roberto Burnier - 39 anos de Globo

José Roberto Burnier - Reprodução - Reprodução
O jornalista José Roberto Burnier
Imagem: Reprodução

Burnier, assim como Scamparini, também começou a trabalhar na rede Globo em 1983. No início foi escalado para ser repórter do "Globo Rural", e ao decorrer da sua carreira na emissora foi editor-chefe e âncora do telejornal "Bom Dia São Paulo", repórter do "Jornal Nacional", correspondente em Buenos Aires e apresentador do "Conexão GloboNews". Desde o dia 27 de abril de 2022, ele foi alocado para substituir Tramontina na bancada do "SPTV 2ª Edição".

Heraldo Pereira - 37 anos de Globo

Heraldo Pereira no "Conversa com Bial" - Reprodução / TV Globo - Reprodução / TV Globo
O jornalista Heraldo Pereira
Imagem: Reprodução / TV Globo

Antes mesmo de se formar em jornalismo, Heraldo Pereira - atualmente com 60 anos - já havia atuado em duas afiliadas da Globo. Depois delas, ainda teve uma passagem pela TV Manchete, antes de retornar à emissora em 1985. Passaram-se 37 anos e o jornalista continua trabalhando na mesma empresa. Hoje em dia, Heraldo está à frente do "Bom Dia Brasil", em Brasília.

William Bonner - 36 anos de Globo

William Bonner lê comunicado da Globo após a jornalista Míriam Leitão ser ofendida por Eduardo Bolsonaro - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
O jornalista William Bonner
Imagem: Reprodução/TV Globo

O jornalista de 58 anos foi contratado pela emissora quando era bem jovem, em 1986. Nos dez primeiros anos, Bonner trabalhou como editor do "SPTV", apresentador do "Fantástico" e do "Jornal da Globo", e editor-chefe do "Jornal Hoje". Em 1996, foi convidado para apresentar o "Jornal Nacional", onde permanece até os dias de hoje.

Fátima Bernardes - 36 anos de Globo

Fátima Bernardes durante a fala em repúdio a Eduardo Bolsonaro - Reprodução/Globo - Reprodução/Globo
A jornalista Fátima Bernardes
Imagem: Reprodução/Globo

Assim como Bonner, a jornalista Fátima Bernardes começou a trabalhar na Globo em 1986. Seu primeiro cargo na emissora foi de estagiária do "Fantástico". Depois disso, exerceu a função de repórter até chegar à bancada do "Jornal da Globo". Antes de atuar no "Jornal Nacional", trabalhou como apresentadora e repórter do "Fantástico", e apresentadora e editora-chefe do "Jornal Hoje". Passou quase 14 anos apresentando o "Jornal Nacional" e outros dez anos à frente do programa "Encontro". Em junho deste ano, a jornalista deixará seu programa matinal e em outubro começará a apresentar o "The Voice Brasil".

Marcelo Pasqualoto Canellas - 35 anos de Globo

Marcelo Canellas narrou a história do Anjo Fardado de Peruíbe - Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
O jornalista Marcelo Canellas
Imagem: Reprodução/Globoplay

Canellas iniciou sua carreira como repórter na afiliada da Globo de Santa Maria (RS), em 1987. Antes de começar a trabalhar como repórter especial no Rio de Janeiro, em 1990, passou por outra afiliada da emissora em Ribeirão Preto (SP). Suas matérias foram apresentadas no "Jornal Nacional", "Globo Repórter" e "Bom dia Brasil". Em 2009, começou a ser repórter especial do "Fantástico".