PUBLICIDADE
Topo

Foo Fighters confirma cancelamento de turnê após morte de Taylor Hawkins

Taylor Hawkins morreu na última sexta-feira (25) em decorrência de uma overdose - Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic
Taylor Hawkins morreu na última sexta-feira (25) em decorrência de uma overdose Imagem: Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic

De Splash, em São Paulo

29/03/2022 16h56

A banda Foo Fighters anunciou oficialmente o cancelamento de sua turnê após a morte do baterista Taylor Hawkins. O músico morreu em decorrência de uma overdose na última sexta-feira (25).

"É com tamanha tristeza que o Foo Fighters confirma o cancelamento de todas as datas da turnê após a devastadora morte de nosso irmão Taylor Hawkins. Sentimos por isso e dividimos a decepção de não nos vermos como o planejado", informou a banda em publicação nas redes sociais.

Além do show previsto para o último domingo (27) no Lollapalooza Brasil 2022, a banda também deixará de se apresentar no Grammy Awards, premiação norte-americana, em 3 de abril.

"Vamos tomar um tempo para o luto, tentar nos curar, trazer as pessoas amadas para perto e apreciar toda a música e as memórias que criamos juntos", concluiu a banda.

Morte de baterista e autópsia

Na sexta-feira (25), Taylor Hawkins, 50, foi encontrado sem vida em um hotel na Colômbia. Segundo resultados preliminares da autópsia, o baterista do Foo Fighters tinha 10 substâncias diferentes e uma overdose pode ter causado sua insuficiência cardíaca.

Um ponto que chamou a atenção dos médicos foi o tamanho do coração do artista, quase o dobro da média, e maior que o de Diego Maradona.

Segundo a Legal Medicine, um coração normal pesa em torno de 300 gramas. No caso de Hawkins, seu coração chegou a pesar 600 gramas. O órgão do jogador de futebol alcançou a marca de 503 gramas.

Anteriormente, a polícia colombiana elaborou um relatório em que apontou a presença de uma substância branca, similar à cocaína, no quarto do famoso, segundo o jornal "El Tiempo".

Taylor Hawkins: Relembre a carreira do baterista do Foo Fighters