PUBLICIDADE
Topo

Brian Cox desdenha da cultura do cancelamento e afirma: 'Não dou a mínima'

Brian Cox disse não ser importar com a cultura do cancelamento  - Reprodução
Brian Cox disse não ser importar com a cultura do cancelamento Imagem: Reprodução

Colaboração para Splash, em Maceió

14/03/2022 10h05

O ator Brian Cox, de 75 anos, desdenhou da cultura do cancelamento, afirmou que não se incomoda com as críticas e, portanto, sente-se confortável em "dizer o que pensa".

Em entrevista ao podcast "Bullseye", da NPR, o artista admitiu que já cometeu autocensura por temer represálias, mas, hoje em dia, ele não faz mais esse tipo de coisa, pois aprendeu a "não dar a mínima" para o cancelamento virtual.

"Quando eu era mais jovem, eu me censurava muito. Pensava: 'Oh, você não pode fazer isso, você não pode fazer aquilo, você não pode dizer isso'. Mas, quando você tem 75 anos, você sabe, eu não dou a mínima. Direi o que sinto, direi o que penso", declarou.

Por fim, Brian Cox apontou que é comum as pessoas não compreenderem sua forma de pensar.

"Eles acham que eu penso uma coisa e eu tenho que explicá-las e dizer: 'Não, você entendeu errado, na verdade [eu quis dizer] isso'. Essa é a grande coisa sobre linguagem e intenção. As pessoas nem sempre entendem", completou o ator de "Succession", da HBO Max.