PUBLICIDADE
Topo

Voluntário em Petrópolis, Joselito perde amigos após chuva: 'Assustador'

Adriano Silva, o Joselito de "Hermes e Renato", é voluntário em Petrópolis - Reprodução/ Instagram
Adriano Silva, o Joselito de 'Hermes e Renato', é voluntário em Petrópolis Imagem: Reprodução/ Instagram

Fernanda Talarico

De Splash, em São Paulo

23/02/2022 04h00

Joselito, personagem do grupo de humor "Hermes e Renato", é conhecido por não ter noção. Ele se envolve nos mais diferentes problemas e 'causa' na vida das pessoas, sem nunca se importar com as consequências de seus atos. No entanto, Adriano Silva, o ator que vive o famigerado papel no programa famoso entre 1999 e 2009, é bem diferente.

Atualmente morando em Petrópolis (RJ), o comediante está engajado em ajudar a sua cidade depois das fortes chuvas que devastaram o município, desde o último dia 15 de fevereiro. "Confesso para você, as pessoas que estão assistindo pelo noticiário e acompanhando pela TV não têm noção da proporção do que é realmente estar aqui", conta em entrevista a Splash. "É uma catástrofe, com uma quantidade de mortos maior que 2011." Segundo a polícia civil, já foram registrados 195 mortos.

Tanto Silva quanto os outros membros do "Hermes e Renato" têm fortes ligações com Petrópolis. "Todos são daqui. Na verdade, eu sou o único nascido no Rio de Janeiro, mas vim morar aqui com dez anos. Me mudei para São Paulo por causa da MTV, mas a minha ligação com esta cidade é um vínculo quase maternal."

Em decorrência da pandemia e da possibilidade de trabalhar remotamente, o ator saiu da capital paulista para ficar com os pais na cidade que, agora, sofre as consequências das chuvas. "No momento da tragédia, eu estava em casa com a minha filha, que mora em Ubatuba (SP) e estava aqui, passando uns dias comigo na casa dos meus pais.

Foi assustador. Uma pancada de chuva por praticamente duas horas e mais. Não lembro de nada assim.

As informações do que estava acontecendo foram chegando a Adriano Silva aos poucos, por meio de grupos em aplicativos de mensagens. "Soubemos que o centro da cidade estava todo alagado, depois chegaram vídeos e imagens, que nos deram uma noção maior do que estava acontecendo."

Adriano Silva, o Joselito, leva doações às famílias afetadas pela chuva - Reprodução/ Instagram - Reprodução/ Instagram
Adriano Silva, o Joselito, leva doações às famílias afetadas pela chuva
Imagem: Reprodução/ Instagram

"Graças a Deus, eu estava em segurança na casa dos meus pais, em um bairro em que não tivemos maiores problemas, apenas o nível da água subiu bastante", conta. "Tenho duas irmãs também que moram aqui, em outros bairros que não foram afetados."

No entanto, amigos e conhecidos do ator e de sua família acabaram morrendo com os deslizamentos. "É tudo muito triste. A gente vai tendo contato com as pessoas e vamos chegando próximos de pessoas que perderam entes queridos nessa tragédia e também perderam tudo."

Estamos vivendo um cenário de guerra.

Joselito com noção

Desde que ficou sabendo do estado de calamidade que se encontrava Petrópolis, Adriano Silva se tornou voluntário para ajudar os que estão passando por necessidades. "Eu precisava me mexer, ainda mais vendo a minha cidade devastada."

Adriano Silva mostra imagens de como Petrópolis ficou depois das chuvas - Reprodução/ Instagram - Reprodução/ Instagram
Adriano Silva mostra imagens de como Petrópolis ficou depois das chuvas
Imagem: Reprodução/ Instagram

Indo de encontro ao posicionamento de Joselito, Adriano Silva deixa de lado todo o humor escrachado pelo qual é conhecido o grupo "Hermes e Renato" e fala de maneira séria sobre suas iniciativas. Em sua conta no Instagram, por exemplo, começou a fazer campanhas para arrecadação de alimentos e outros itens de necessidade básica para as pessoas da cidade. "Uso as minhas redes sociais e as do 'Hermes e Renato' para divulgar e conseguir ainda mais ajuda."

Em uma das publicações feitas, o grupo faz um apelo aos fãs: "Você que nos segue e já se divertiu com as nossas esquetes, pedimos encarecidamente um favor em troca desses momentos de alegria: doe! Ajude seja com roupas, alimentos não perecíveis, itens de higiene ou qualquer valor, serão de grande ajuda e muito bem-vindos."

Nessas horas não há questões políticas, religião, gênero de nada, porque tá todo mundo envolvido, todo mundo ajudando.

Além da campanha online, o ator tem ido pessoalmente levar as doações para pessoas que estão em áreas isoladas, sem acesso a comida, roupas e remédios, entre outros itens.

"Desde que tudo começou, larguei tudo e estou focado em ajudar. Estou exausto, mas tenho que tirar forças para continuar", conclui.