PUBLICIDADE
Topo

Snoop Dogg, Bieber, Neymar: famosos investem até R$ 100 milhões em NFT

Justin Bieber e Neymar compraram arte digital da coleção Bored Ape Yacht Club - Reprodução
Justin Bieber e Neymar compraram arte digital da coleção Bored Ape Yacht Club Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

19/02/2022 04h00

Por que as celebridades estão investindo milhões com imagens digitais? O formato de arte NFT (do inglês tokens não-fungíveis) e as criptomoedas estão invadindo o universo do entretenimento dentro e fora do Brasil.

Snoop Dogg, Justin Bieber e Neymar são alguns dos nomes que apostaram alto na "novidade". Já Julian Lennon, filho de John Lennon, e até a atriz Vera Fischer já venderam artigos no formato.

Afinal, o que é NFT?

A tecnologia NFT funciona como uma espécie de certificado virtual — como se a obra fosse, de fato, autografada — que atesta a originalidade de uma peça de arte digital, seja ela uma imagem, um gif, meme, vídeo etc.

A obra digital é única e pode ser colecionável, e é isso que a torna valiosa. A expectativa é que os artigos sofram valorização e custem mais caro com o tempo.

Ainda assim, por fazer parte de um mercado especulativo, não existe garantia de valorização e lucro.

Snoop Dogg no topo

De acordo com um levantamento do NFTClub com base em sites de monitoramento como o DappRadar e informações públicas, Snoop Dogg tem uma das coleções mais valiosas entre as celebridades, chegando a US$ 19,3 milhões (cerca de R$ 99,6 milhões).

O que Neymar e Justin Bieber têm em comum?

Além de serem milionários, o jogador brasileiro e o cantor compraram obras do Bored Ape Yacht Club (BAYC) — uma das mais populares e valiosas do mercado.

A operação realizada por Neymar equivale a US$ 1,1 milhão (R$ 5,6 milhões). Justin Bieber gastou US$ 1,29 milhões (R$ 6,6 milhões).

Outros famosos que aderiram à criptomoeda

Além de Snoop Dogg, Justin Bieber e Neymar, outros nomes como os rappers Eminem, Post Malone e Jay-Z, além do apresentador Jimmy Fallon e do DJ Steve Aoki, também já investiram dinheiro em NFTs.

Enquanto uns compram, alguns famosos decidiram vender itens em NFT. Julian Lennon, filho de John Lennon, levou a leilão objetos que foram do ex-Beatle, como por exemplo uma capa preta usada pelo músico no clipe de "Help" e notas de Paul McCartney para a música "Hey Jude".

Na ocasião, o manuscrito da canção foi vendido por quase 57 mil libras (R$ 400 mil). Ao todo, o leilão arrecadou aproximadamente R$ 800 mil.

1 - Reprodução / Yellow Heart - Reprodução / Yellow Heart
Itens do leilão promovido por Julian Lennon
Imagem: Reprodução / Yellow Heart

A atriz brasileira Vera Fischer também entrou na onda do NFT e leiloou uma foto inédita de 1976, quando ela se preparava para a novela "Espelho Mágico", da TV Globo. Na época, o filme não foi revelado porque a câmera tinha caído na água. Agora, no entanto, o material foi recuperado e as marcas produzidas pela água e pelos fungos passaram a compor a foto. O lance mínimo era de R$ 447 mil.

Até meme virou NFT

2 - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
O meme 'Doge'
Imagem: Reprodução/Twitter

O meme "Doge", do cãozinho da raça Shiba Inu, foi vendido recentemente em um leilão por US$ 4 milhões, equivalente a R$ 20 milhões na cotação brasileira atual, como um NFT. Com o negócio, se tornou o meme mais caro de todos os tempos.