PUBLICIDADE
Topo

Juntos no Super Bowl, Eminem e Snoop Dogg já tiveram briga por música

De Splash, em São Paulo

13/02/2022 04h00

Amigos de longa data, Eminem e Snoop Dogg se apresentarão juntos hoje, no show do intervalo do Super Bowl 2022. No entanto, os dois rappers da costa oeste dos Estados Unidos já tiveram a amizade estremecida por causa de uma declaração polêmica — que acabou virando até música.

Bastou Snoop deixar Eminem fora da sua lista dos dez maiores rappers de todos os tempos para o desentendimento começar.

Fora do Top 10

A história de Eminem e Snoop Dogg se cruzou muitas vezes ao longo dos anos — os dois surgiram como colaboradores do produtor musical Dr. Dre e lançaram a música "Bitch Please II" juntos.

Apesar disso, a amizade ficou abalada em 2020, quando Snoop não colocou Eminem na sua lista dos dez maiores rappers de todos os tempos.

Na ocasião, o artista de 50 anos ainda considerou que o responsável pelo sucesso da carreira do seu colega de profissão foi Dr. Dre — que também se apresentará no show do intervalo do Super Bowl.

Eminem! 'A Grande Esperança Branca'. Os rappers brancos não eram respeitados. Vamos deixar isso claro. [Dr. Dre] provavelmente colocou Eminem na posição em que ele passou a ser considerado um dos dez maiores rappers de todos os tempos. Eu não acho, mas há que pense assim. [...] Isso é só porque ele está com o Dr. Dre., e o Dr. Dre o ajudou a encontrar o melhor Eminem que ele pôde encontrar. disse Snoop Dogg

A resposta

A resposta de Eminem veio poucos meses depois da declaração, em forma de música. Na faixa "Zeus", do álbum "Music to be Murdered By: Side B "Deluxe Edition)", o rapper diz:

"E, no que diz respeito a terminar a treta, estou acostumado com as pessoas me batendo / Mas, não no meu campo / E diplomático como estou tentando ser / A última coisa que preciso é Snoop me perseguindo / Cara, Dogg, você era como um maldito Deus para mim / Nah, não realmente (Haha) / Eu tinha escrito 'Dogg' ao contrário (God) / Mas estou começando a pensar, todas essas pessoas me dando tiros / Merda, não é nenhuma maravilha."

Paz selada

No ano passado, porém, as coisas voltaram ao normal. Em participação no programa de rádio "The Breakfast Club", Snoop explicou que ele e Eminen tiveram uma longa conversa e resolveram seus problemas — com direito a pedido de desculpas.

Eu cometo erros, não sou perfeito, sou o Snoop Dogg.

Além de Eminem e Snoop Dogg, Dr. Dre, Mary J. Blige e Kendrick Lamar também se apresentam no tradicional show do intervalo da final da liga nacional de futebol americano.