PUBLICIDADE
Topo

Lady Gaga diz que revelou estupro por estar vivendo uma 'grande mentira'

A cantora e atriz, Lady Gaga - Reprodução/Instagram
A cantora e atriz, Lady Gaga Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

28/01/2022 15h58

A atriz e cantora Lady Gaga, de 35 anos, abriu o coração em entrevista ao Deadline ao dizer que sentia estar vivendo uma "grande mentira" antes de revelar ter sido vítima de um estupro aos 19 anos de idade. Na ocasião, o abuso, feito por um produtor musical, resultou em gravidez.

O relato de Gaga veio à tona no ano passado.

"Acho que para mim, foi apenas um processo de cura porque estou aos olhos do público com frequência".

"Na época em que comecei a falar sobre as coisas pelas quais estava passando, eu estava nos olhos do público com muita frequência e sendo seguida o tempo todo. Eu realmente senti que estava vivendo uma grande mentira ao não compartilhar", confessou.

Lady Gaga ainda disse que depois que "se libertou" contando o trauma, sentiu que as pessoas conseguiram vê-la como ela realmente é:

"As pessoas estavam me descobrindo mais - elas passaram a saber mais do meu lado humano. Eu apenas me senti mais confortável no mundo. É como viver na sua verdade".

O relato

Em maio de 2021, Lady Gaga fez a revelação sobre o estupro durante sua participação na série documental "The Me You Can't See", apresentado por Oprah e príncipe Harry.

"Eu tinha 19 anos, estava trabalhando em um projeto e o produtor me disse: 'tire a roupa'. Eu disse que não e saí, e eles me disseram que iriam queimar todas as minhas músicas. E eles não pararam. Eles não pararam de me questionar e eu simplesmente congelei... e não lembro de mais nada".

A estrela contou que após o ato, ela foi deixada na rua da casa dos seus pais e ficou sentindo dores durante um tempo. Ela descobriu que estava grávida após ir para um hospital, mas não revelou se decidiu abortar.

Além disso, a protagonista de "Casa Gucci" optou por não expor o nome do homem que a abusou por medo de encontrá-lo novamente.