PUBLICIDADE
Topo

Ex-Twister, Sander Mecca, diz que foi abusado por ex-empresário

O cantor Sander Mecca, ex-vocalista do Twister - Reprodução/Instagram
O cantor Sander Mecca, ex-vocalista do Twister Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

27/01/2022 15h46Atualizada em 27/01/2022 16h04

O cantor Sander Mecca, de 39 anos, ex-vocalista do grupo Twister, um dos maiores sucessos dos anos 2000, abriu o coração durante uma entrevista para Daniela Albuquerque, do programa "Sensacional" (RedeTV!), ao relembrar algumas situações da época da boy band.

De acordo com o artista, ele sofreu abuso aos 17 anos por um antigo empresário da banda:

"Ele tentou me assediar várias vezes desde os meus 15 anos. Sempre tentou, até que aconteceu. Teve um dia fatídico que aconteceu", iniciou Sander.

"Para mim foi inclusive a minha primeira experiência sexual. Ele esfregou o contrato [da gravadora] na minha cara e falou: 'Só falta você assinar, todos [os outros integrantes] assinaram. Agora você decide se vai ser o líder do Twister ou se vai ver o sucesso da banda pela televisão. Mas, se você quiser, vai ter que pagar o preço'", relembrou ele.

Sander ainda conta que o empresário limitava o convívio social dos membros do grupo:

"Uma das condições para entrar nesse projeto era morar na casa dele (...) A gente ia visitar os [nossos] pais e não podia falar sobre o que acontecia lá. Não podia ter celular e não podia namorar".

O "Sensacional" com Sander Mecca vai ao ar na noite de hoje, às 22h30, na RedeTV!.