PUBLICIDADE
Topo

Carolina Ferraz recorda assassinato do pai: 'Tinha 14 anos'

Carolina Ferraz participou do "Link Podcast" - Reprodução/YouTube
Carolina Ferraz participou do 'Link Podcast' Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para Splash

27/01/2022 17h17

A atriz e apresentadora Carolina Ferraz, 54 anos, recordou sua trajetória pessoal e profissional durante participação hoje no Link Podcast, comandado pelo jornalista Reinaldo Gottino, seu colega na Record TV, no site YouTube.

Durante a entrevista, a ex-global tocou em um ponto triste e delicado de seu passado: o assassinato de seu pai, Ladislau Noel Ferraz, em 1982, quando Carolina ainda era uma adolescente.

"Meu pai foi assassinado com seis tiros. Uma história muito violenta, trágica... Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura! Ele teve que ser enterrado com caixão fechado!", recordou a apresentadora do programa "Domingo Espetacular".

Segundo Ferraz, o autor do crime nunca foi preso, mas sua identidade sempre esteve muito clara. "Foi um ex-sócio do meu pai, que devia dinheiro a ele. Aí começaram a se desentender por causa desse pagamento", relatou.

"O cara [o assassino] não está vivo, infelizmente. Até infelizmente mesmo, pois não desejo mal nenhum a ninguém. Ele nem sequer foi a julgamento", lamentou a estrela de novelas como "Por Amor" (1997) e "Belíssima" (2005).

Toda a família da atriz ficou muito abalada com a tragédia. "Minha mãe ficou muito mal, meu irmão e minha irmã também. Cada um reagiu de um jeito. Eu chorei muito. Como era pequena, pude viver um luto - talvez a única da família", detalhou Carolina.