PUBLICIDADE
Topo

Influencer que vendia 'puns' em garrafas fala sobre assédio de contas fakes

Influenciadora Stephanie Matto vende frascos com seus puns - Reprodução/Instagram
Influenciadora Stephanie Matto vende frascos com seus puns Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, no Rio de Janeiro

25/01/2022 21h06

Conhecida por ter vendido "puns" engarrafados, Stephanie Matto, influencer e ex-participante do "90 Dias para Casar", confessou que tem sido assediada por páginas falsas na internet, que chegaram inclusive a enviar mensagens com ameaças de morte.

Em entrevista ao podcast "I've Got News For You", a influencer revelou que seu trabalho abriu para ameaças de "trolls" online. Ela já havia dado uma entrevista para um o "Metro" sobre ameaças de morte.

"Tem gente que vem me assediando, fazendo várias contas. Eu bloqueio as pessoas, tento não me envolver porque a pior coisa que você pode fazer com esses haters é responder, é isso que eles querem", explicou.

Mesmo com o bloqueio das contas, ela conta que tem precisado lidar com pessoas que continuam criando inúmeras. "Mas há pessoas que literalmente fazem contas depois que eu as bloqueio e continuam persistentemente todos os dias me enviando coisas", disse.

Segundo ela, são mensagens com coisas horríveis e nojentas, como a que ela deveria se matar. "É uma merda porque às vezes eu tenho dias ruins e quando eu acordo, do lado errado da cama, então leio algo assim e não ajuda", desabafou.

Tudo que ela enfrenta tem afetado sua saúde mental e, por isso, ela disse que precisou desenvolver uma espinha dorsal mais forte.

Ideia dos seguidores

Embora receba mensagens de ódio, a influencer lembra que a ideia de vender os "puns" engarrafados surgiu dos próprios seguidores, que pediram nas redes sociais.

"Eu meio que sempre estive neste mundo, e recebi muitos pedidos estranhos ao longo dos anos. Um recorrente foi de caras querendo cheirar meus peidos", disse.

"E eu achava sempre que era brincadeira. Gente só brincando comigo, mas um dia por puro tédio resolvi fazer um lote de frascos de peido para ver se vendiam. Para minha surpresa, o primeiro lote que eu vendi no meu site acabou se esgotando", contou.

A influencer afirmou que em seu melhor mês chegou a ganhar mais de aproximadamente 200 mil dólares, o que equivale pouco mais de R$ 1 milhão.

No entanto, após o episódio em que foi parar no hospital por suspeita de ataque cardíaco, ela decidiu se aposentar desse negócio e disse que deseja lançar uma marca de velas de pote. A ideia é começar antes do Dia dos Namorados, celebrado no dia 14 de fevereiro nos EUA.